Olhar Direto

Domingo, 23 de fevereiro de 2020

Opinião

Nu e cru

Autor: Graci Ourives de Miranda

02 Fev 2020 - 08:00

Envelhecimento responsável e saudável é uma das preocupações do mundo globalizado. Administrar com responsabilidade é viabilizar o mundo colorido para que os Idosos possam viver confortavelmente.  

A Lei nͦ 10.741, de 01/10/2003, no Art.1ͦ, instituiu o Estatuto do Idoso, e regulamenta os direitos que, são assegurados aos cidadãos com idade igual/superior aos 60 anos.

É de suma importância fomentar o bem-estar do idoso. Os Idosos através de suas experiencias são: registro histórico, nosso refúgio e orientadores.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública-SESP, em (30/01/2020) evidencia as ocorrências de “AMEACAS” que envolvem pessoas com idade 60/mais no Estado de Mato Grosso-MT: 2017-2.465; 2018-2.432; 2019–2.644; Município de Cuiabá: 2017-558; 2018-504; 2019 – 527 e Município de Várzea Grande: 2017-253; 2018- 242; 2019-263.  Convidamos o leitor a refletir sobre a estatística que são registrados. Certamente existe idoso que desconhece seus Direitos.

Os números demonstram que precisamos ter mais ações construtivas.
 
Far-se-á necessário para estimular os Idosos, Políticas Públicas áreas de lazer, para a prática cotidiana de atividades físicas. É relevante fomentar ações criativas e inovadoras para os idosos. A presença do Estado, deveria ser constante. A imprensa/Delegacia do Idoso é aliada para melhoria da história de vida de cada cidadão.  E, tem exercido grande papel denunciando “maus tratos”. Isto para que, todos possam ter seus Direitos respeitados.   Sejamos céleres para evitar que o Idoso transforme em “vitima”. Sociedade, podemos ser os propiciadores de bem-estar social.

Avante! Vamos combater a violência e preconceito. Mais amor!
 


GRACI OURIVES DE MIRANDA é professora/escritora
go.miranda@uol.com.br