Olhar Direto

Quarta-feira, 17 de abril de 2024

Opinião

Luz à Diversidade: Reflexões de uma Mãe no Dia Mundial de Conscientização do Autismo.

Como mãe de uma criança autista, o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, celebrado anualmente em 2 de abril, foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 18 de dezembro de 2007 para a conscientização, sendo uma oportunidade importante para aumentar a compreensão e aceitação do autismo na sociedade. Neste dia, espero que as pessoas ao meu redor se envolvam em esforços para se educarem sobre o autismo e se comprometam a criar um ambiente mais inclusivo e acolhedor.

Estamos abordando a vida de 2 milhões de autistas no Brasil, segundo o IBGE (2023). O autismo, ou Transtorno do Espectro Autista (TEA), é uma condição do neurodesenvolvimento que impacta a maneira como uma pessoa percebe e interage com o mundo ao seu redor. Cada criança é única e especial, com suas próprias habilidades, desafios e maneiras únicas de experimentar o mundo. Essa diversidade é uma parte fundamental e é importante reconhecê-la ao discutir o autismo.

Para compreender um pouco mais, é preciso conhecer um pouco melhor a variedade de comportamentos que são comuns em crianças com autismo. Ao destacar a diversidade de experiências, podemos ajudar a combater estereótipos e promover uma compreensão mais abrangente do autismo. Isso significa reconhecer que nem todas as pessoas com autismo têm os mesmos interesses, habilidades ou necessidades, e que é importante valorizar e respeitar essa diversidade.

Por exemplo, muitas vezes ficam fascinadas por padrões visuais e podem passar horas observando o movimento de objetos em rotação. Também podem ter dificuldade em compreender e responder às emoções dos outros, o que pode levar a desafios na interação social. Embora enfrentem muitos desafios, sendo estes diferentes de uma maneira ou de outra, também possuem talentos extraordinários e uma personalidade cativante que os tornam uma luz brilhante em seu mundo e na vida daqueles que os amam.

Os símbolos como os cordões com o quebra-cabeça ou girassóis são importantes para aumentar a visibilidade e o reconhecimento do autismo, representando a singularidade de cada indivíduo dentro do espectro. É fundamental lembrar das lutas e da coragem das pessoas com autismo em um mundo que ainda enfrenta muitos desafios em termos de inclusão e aceitação.

O amor e a coragem das famílias e cuidadores de pessoas com autismo são evidentes em seu apoio e dedicação, e é essencial continuar trabalhando juntos para criar um mundo mais inclusivo e acolhedor para todos. O Dia Mundial de Conscientização do Autismo é uma oportunidade para renovar nosso compromisso com a promoção da compreensão, aceitação e inclusão das pessoas com autismo em todas as áreas da vida.

Mariana Vargas Sifuentes é advogada e mãe de autista
xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet