Olhar Conceito

Sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Notícias / Comportamento

Projeto social oferece banho e cuidados às pessoas em situação de rua; veja como ser voluntário

Da Redação - Vitória Lopes

29 Mar 2019 - 17:42

Foto: Reprodução

Projeto social oferece banho e cuidados às pessoas em situação de rua; veja como ser voluntário
Com o calor de Cuiabá uma das primeiras coisas que pensamos ao chegar em casa é tomar um banho. Essa é uma realidade bem distante para aqueles em situação de rua. Por isso, há dois anos, um grupo de amigos trouxe para a capital o projeto ‘Banho Solidário’ que, de forma itinerante, percorre as ruas de Cuiabá e Várzea Grande. O projeto está programado para acontecer no sábado (30), às 17h, na Praça Senhor dos Passos, no Beco do Candeeiro.

Leia mais:
Rede de combate ao câncer realiza almoço para construção de casa de apoio aos pacientes


Inicialmente, a ação acontecia mensalmente – sempre no último sábado de cada mês e durante o dia. O projeto foi ganhando força, parceiros e voluntários, o grupo se reorganizou e a iniciativa passou a ser realizada duas vezes por mês, a partir das 17h. Além do banho, proporciona lanche e jantar, corte de cabelo e barba, podólogos, roupas, kit de higiene e muito carinho e afeto.

O Banho Solidário, que atende de 80 a 100 pessoas por ação, também proporciona a autonomia na lojinha de roupas, onde as pessoas em situação de rua podem escolher o modelo e tamanho que mais lhes agradam, além do calçado. Em seguida, são encaminhados para a cabine de banho e ganham um kit higiene contendo sabonete, escova e pasta de dentes, shampoo, condicionador e uma toalha limpa. Também fica à disposição perfumes e desodorantes.

Para que o projeto pudesse crescer ainda mais e proporcionar melhores condições às pessoas em situação de rua, foi criada a Associação Beneficente Banho Solidário. O presidente, Fernando Henrique Furlan Gouvea, conta que desde a criação do projeto, já realizaram exatamente 3.360 banhos e corte de cabelo, doaram cerca de 10 mil peças de roupas, serviram 6 mil lanches e 4.560 jantares.

Fernando ressalta que são inúmeros os motivos que levam as pessoas a viverem nas ruas, mas grande parte é devido à falta de afeto e carinho da família. Ele diz que bem no início do projeto, uma situação marcou muito a vida dele e dos voluntários, que também oferecem seus ombros e ouvidos para aqueles que precisavam conversar.

“Uma moradora, entre 55 a 60 anos, depois que tomou seu banho estava conversando com alguns voluntários e disse que se ela tivesse alguém que a abraçasse talvez não estaria vivendo na rua. Nós sempre nos lembramos dela, pois é um gesto tão pequeno que poderia ter tirado essa pessoa da rua. Nem sempre estão ali só por questão financeira ou drogas”, contou.

A ajuda da população e parceiros são fundamentais para a continuidade e manutenção do projeto. Fernando conta que a luta é diária e com o apoio de amigos conseguem os suprimentos necessários para a realização da ação, mas que ainda precisam de ajuda para adquirir alguns itens que irão garantir a qualidade do alimento que é oferecido às pessoas e conforto durante as refeições.
 
“Hoje temos três gargalos. Necessitamos de mais três tendas para que as pessoas possam ficar mais confortáveis, especialmente em dias de chuva quando fazem mais falta. Outro grande sonho que temos é a aquisição de caixas Hot Box, própria para transporte de comida – queremos resgatar essa sensação de comer algo recém preparado e quentinho. Além de 12 jogos de mesa”, contou.

Como ajudar

Para ser um voluntário ou realizar doações basta entrar em contato com o grupo por meio das redes sociais – Facebook (aqui) e Instagram (aqui).

Também é possível fazer doações via depósito ou transferência bancária:
 
ASSOCIAÇÃO B. BANHO SOLIDÁRIO
 
BANCO BRADESCO- AGÊNCIA 1966
 
C/C 1876-7
 
CNPJ – 30.136.794/0001-01

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Fernando Furlan
    01 Abr 2019 às 11:40

    Cnpj Corrigido 32.136.794/0001-01

  • ALESSANDRA M.
    30 Mar 2019 às 10:51

    Não consigo fazer um TED ... Diz que o CNPJ está inválido ... Poderia conferir por favor ??

  • Elaine
    30 Mar 2019 às 09:07

    Que lindo o trabalho de vocês, parabéns, matérias assim, eu amo ler, dá esperança de a que a vida pode ser melhor!!!

  • Josué Santana
    29 Mar 2019 às 19:15

    No capitalismo só trabalho por dinheiro. Nada de voluntariado.

Redes Sociais

Sitevip Internet