Olhar Conceito

Sexta-feira, 05 de março de 2021

Notícias / Diversão e Lazer

Arena Pantanal recebe visita de consultor do Allianz Parque para viabilizar shows no gramado

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

03 Mai 2019 - 09:30

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Arena Pantanal recebe visita de consultor do Allianz Parque para viabilizar shows no gramado
Um consultor que trabalha na realização de eventos no estádio do Allianz Parque, um dos mais modernos do país, esteve em Cuiabá para discutir a viabilidade de realizar shows na Arena Pantanal, sem prejudicar o gramado. A informação foi confirmada pelo secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Allan Kardec.

Leia também
Encontro para discutir ciência na mesa de bar chega pela primeira vez a Cuiabá


De acordo com o titular da pasta, a arena multiuso não será utilizada apenas para os jogos do campeonato mato-grossense e da Série B. Ele também garantiu que nos próximos meses, uma parceria deve ser feita para trazer um tablado semelhante ao utilizado no estádio do Palmeiras para arena, para a realização de grandes shows.

“Nós faremos eventos dentro da Arena Pantanal que não seja futebol. A grande problemática é que não pode ser dentro do calendário oficial da Federação Mato-grossense de Futebol e muito menos do campeonato brasileiro da segunda divisão. Nos espaços de tempo que temos de 15 dias entre um jogo oficial e outro, teremos condições de fazer eventos no gramado da arena. Para isso, trouxemos na semana passada um consultor do Allianz Parque”, disse o secretário em lançamento de jogo entre Corinthians e Flamengo nesta quarta-feira (2).

“Este consultor conheceu nosso espaço e nós acreditamos que vamos fazer parcerias para ocupar a parte interna da arena com grandes eventos, com toda segurança do mundo e com o melhor tablado”, revelou.

O tablado que Kardec se refere, trata-se de uma proteção para o gramado da arena, garantindo que ela seja irrigada e faça a fotossíntese, mesmo durante a realização de um evento de grande porte.

“Ele consegue fazer fotossíntese e consegue ser irrigado durante a noite. Este era o grande problema dos trablados que tampam as gramas. Eles abafam, não fazem fotossíntese e não recebem água”, explicou.

O secretário também informou que estuda contratar um seguro para garantir que o gramado da arena não seja danificado e que caso seja, o Estado receba cerca de R$ 500 mil como uma forma de indenização.  

“Temos a possibilidade também de um seguro-garantia na ordem de R$ 500 a R$ 600 mil. Com R$ 30 mil pagaremos este seguro para ter a garantia do gramado. Vamos fazer isso e estamos na procura de trazer um grande evento ainda nesse semestre, desmitificando aquela possibilidade de que não temos a condição de fazer nada aqui dentro. Temos condições, a arena é multiuso e dá para usar o gramado com todas as garantias de que não vamos atrapalhar o calendário oficial do futebol”, finalizou.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet