Olhar Conceito

Quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Notícias / Comportamento

Idosos desfilam na Praça Alencastro com sombrinhas pintadas à mão em projeto social

da Redação - Isabela Mercuri

05 Dez 2019 - 08:55

Foto: Davi Valle

Idosos desfilam na Praça Alencastro com sombrinhas pintadas à mão em projeto social
Dezesseis idosos participaram, na última semana, de um desfile do projeto ‘Festa do Sol, Dias Azuis’, na Praça Alencastro. Contemplada pelo edital Fundo Municipal de Cultura 2019 no segmento Artes Visuais individuais, a iniciativa foi liderada pela professora Linalva Alves, que ensinou as alunas a pintar sombrinhas.

Leia também:
Autoridades políticas da história de Mato Grosso se reúnem em 'chá com bolo' na Casa dos Governadores

“Estou neste grupo há 4 anos, mas conheço a professora há 10 anos, de outros projetos. O trabalho dela é sempre mostrando a nossa cultura, o ecoturismo de Mato Grosso. Já participei dos cursos de tela, de cerâmica, agora deste das sombrinhas e digo que são momentos muito importante de convivência, uma terapia para a nossa cabeça”, explica a professora aposentada e aluna do projeto, Evanete Maria.

Os desenhos escolhidos para estampar as sombrinhas foram tuiuiús, pequis, cajus e flores do pantanal e cerrado mato-grossense. Linalva Alves é professora de artes plásticas e artesanato há 30 anos, e conta que começou a desenvolver o talento numa oficina realizada na Casa dos Governadores. Hoje, dá a mesma chance para as senhoras do bairro Coophamil.

“Escolhi as sombrinhas porque não tem ninguém que eu tenha visto que faça isso em Cuiabá. Todas as vezes que eu for iniciar um algo vou pensar em uma coisa diferente, tela todo mundo faz. Escolhi trabalhar com os idosos porque acredito que não tem idade para aprender e que a arte pode ajudá-los”, explicou a professora.

Todos os 51 projetos do edital FUNDO/2019 foram selecionados de acordo com critérios estabelecidos pelos conselheiros do Conselho Municipal de Cultura. A expectativa é de que mais de 200 artistas se envolvam na execução dos projetos e contribuam nesta movimentação cultural, que tem potencial para girar a economia da cidade no setor de serviços, gerando renda.  

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet