Olhar Direto

Sábado, 31 de outubro de 2020

Notícias / Ciência & Saúde

Instrumento microscópico em forma de mão pode ajudar em cirurgias do futuro

New York Times

17 Jan 2009 - 07:38

Usando a mão humana como modelo, cientistas da Universidade Johns Hopkins e de sua escola de medicina desenvolveram uma ferramenta microscópica, que poderá algum dia ser usada no interior do corpo. A ferramenta, uma peça em formato de garra com menos de um milímetro de diâmetro, poderia retirar células do tecido para uma biópsia, por exemplo.

A maioria das microferramentas para uso médico é operada por cordas de algum tipo. Mas o "microagarrador", desenvolvido por Timothy G. Leong, David H. Gracias e colegas e descrito em "The Proceedings of the National Academy of Sciences", é autônomo – pode ser direcionado por um campo magnético e ativado por calor ou elementos químicos.

Numa mão, dedos articulados são arrumados em volta de uma palma central, e os dedos podem ser dobrados para agarrar objetos. Os pesquisadores imitaram essa abordagem em seu projeto, com seis "dedos" colocados em torno de uma "palma" hexagonal. Como numa mão, os dedos do microagarrador têm "ossos" rígidos de metal conectados por articulações flexíveis. 

As juntas consistem de duas finas camadas de metal, uma das quais é pressionada. Normalmente a camada pressionada causaria o encurvamento da tira bimetal, mas esta é mantida plana e firme por uma camada de polímero. Quando esse polímero é aquecido ou degradado por certos elementos químicos, ele se torna flexível, permitindo que a tira se dobre e o agarrador se feche. 

Os pesquisadores dizem que há muitos obstáculos para se superar antes de utilizar esse dispositivo dentro do corpo, mas que o trabalho representa "um passo em direção ao desenvolvimento de microferramentas biocompatíveis, autônomas e minimamente invasivas."
Sitevip Internet