Olhar Direto

Quarta-feira, 19 de junho de 2019

Notícias / Ciência & Saúde

Adolescentes de 11 a 19 anos são os menos vacinados contra hepatite em SP

ABr

05 Jan 2009 - 17:59

Adolescentes de 11 a 19 anos são a parcela da população que têm sido menos vacinada contra a hepatite B no estado de São Paulo. Segundo levantamento da secretaria estadual de Saúde, o menor índice de cobertura vacinal contra a doença está na faixa etária dos 11 a 14, (59%), seguido pela faixa de 15 a 19 anos, onde a adesão é de 64%. O governo aponta como “ideal”a o índice de 90% a 95% de cobertura.

Para tentar reverter esse quadro, a partir de hoje (5), o governo paulista inicia uma campanha para intensificar a vacinação de aproximadamente 2,3 milhões de adolescentes paulistas. A estratégia é aproveitar o período de férias escolares para facilitar a ida dos adolescentes aos postos de saúde.

A meta do governo para os próximos quatro anos é vacinar 90% dos adolescentes contra a hepatite B, ampliar em 50% a detecção da infecção pelo vírus da hepatite C e em 60% a notificação de casos novos.

Para ficar completamente imunizado é preciso que a pessoa tome três doses de vacina. A segunda dose acontece um mês depois da inicial e a terceira, após seis meses. Os adolescentes que forem receber aos postos de saúde para se prevenirem contra a hepatite também poderão atualizar a caderneta, tomando vacinas que estejam em atraso contra doenças como sarampo, rubéola, tétano e difteria.
Sitevip Internet