Olhar Direto

Segunda-feira, 17 de junho de 2019

Notícias / Variedades

Autor da Globo pensa em escrever novela sobre sexo casual

Terra

30 Out 2016 - 11:00

No ano passado, Manoel Carlos, o Maneco, anunciou sua aposentadoria das novelas. Aos 83 anos, ele não estaria mais disposto a ficar 16 horas por dia diante do computador, durante quase um ano, escrevendo até 40 páginas por dia. São do veterano autor grandes sucessos como Páginas da Vida (2006), Laços de Família (2000) e Por Amor (1998).

Após a problemática Em Família, exibida com baixa audiência na faixa das 21h da Globo entre fevereiro e julho de 2014, passou a cogitar apenas projetos curtos. Acaba de concluir os capítulos da minissérie Castelo de Areia, prevista para o ano que vem.

Mas sua cabeça não para de produzir ideias para a teledramaturgia. E um tema pode fazê-lo repensar a decisão de não mais escrever novelas longas – as dele costumam passar dos 200 capítulos.

Manoel Carlos revelou em entrevista ao programa Ofício em Cena, da GloboNews, que tem pensado em criar um novelão que tenha o sexo casual como premissa.

Ele recebeu a dica por e-mail, e passou a pesquisar o assunto. Maneco descobriu a prática comum de estranhos marcarem sexo pela internet. “É uma boa ideia uma novela nascer assim (do sexo sem compromisso) e acabar num grande amor sincero”, disse.

Famoso pelo estilo naturalista, com uma dramaturgia que parece uma crônica do cotidiano, Manoel Carlos afirma não ter método nem disciplina ao conduzir uma trama.

“Não penso muito no que vou escrever, sou levado… A audiência tem muita importância, a repercussão. Vejo o que as pessoas gostaram. Vou construindo meu monstrengo pra dar certo. Mas não é uma coisa rígida, mudo muito, muito.”

Diante da apresentadora Bianca Ramoneda e da plateia do Ofício em Cena, o autor comentou a respeito do Ibope: “Se tivesse uma receita todo mundo faria, e a novela não seria essa coisa enigmática com relação à audiência. ‘Por que é tão bom e não dá? Por que é tão ruim e dá?’ Ninguém sabe”.
Sitevip Internet