Olhar Direto

Sexta-feira, 29 de maio de 2020

Notícias / Esportes

Vasco vence o Friburguense, em tarde de Carlos Alberto

Gazeta Esportiva

08 Mar 2009 - 18:21

Romário passou em branco na vitória por 3 a 0 do Vasco sobre o Friburguense, ontem à tarde, em São Januário, pela primeira rodada da Taça Rio. O atacante teve atuação apagada, não criou nenhuma oportunidade de gol e saiu de campo contundido.

Claro, o Romário em questão é um jovem de 18 anos, jogador do Friburguense, e batizado com o nome de seu maior ídolo do futebol. "Meu sonho é fazer 10% do que ele fez", contou o xodó do time da região serrana. Se 'Romário' estava do outro lado, o Vasco tinha Carlos Alberto em tarde inspirada. Ele fez o primeiro gol e, na comemoração, homenageou sua mulher, que está grávida.

"Soube hoje (domingo) na hora do almoço que vou ser pai pela primeira vez, estou muito emocionado", disse. O meia também teve participação direta no segundo gol, marcado por Elton, num lance irregular. Carlos Alberto foi quem iniciou a jogada, concluída pelo atacante que chutou a bola quando o goleiro já a detinha nas mãos.

O Vasco mereceu a vitória. Foi sempre superior ao adversário e poderia ter feito muito gols se o time não finalizasse tão mal. A exceção foi Rodrigo Pimpão, que acertou um chute "na veia", no mais bonito lance do jogo, quando arriscou de fora da área. Um golaço. Àquela altura, Romário já estava fora. Ele sentiu cãibras e deixou o gramado aos 30 minutos do segundo tempo, depois de sua equipe já ter feito três substituições.

Romário saiu de campo aplaudido. Houve até quem gritasse da arquibancada seu nome em coro. O atacante do Friburguense preferiu entender que a manifestação dos vascaínos era sincera, que não se tratava de nenhuma gozação, e retribuiu o gesto com acenos. Certamente, o jovem Romário teve neste domingo em São Januário uma das experiências mais incríveis de sua vida profissional.

Ficha técnica

Vasco - Tiago; Fagner, Fernando, Titi e Ramon; Amaral, Mateus, Jefferson e Carlos Alberto (Fernandinho) (Enrico); Alex Teixeira (Rodrigo Pimpão) e Elton. Técnico: Dorival Júnior.

Friburguense - Marcos; Cadu, Emerson e Roberto Júnior (Ziquinha); Sérgio Gomes, Cássio, Bidu (Leomir), Alex (Thiago Santos) e Vitor Hugo; Romário e Hércules. Técnico: Cleimar Rocha.

Gols - Carlos Alberto, aos 7 minutos do primeiro tempo; Elton, aos 9, e Rodrigo Pimpão, aos 40 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Pathrice Maia.

Cartões amarelos - Ramon e Fernandinho (Vasco); Sérgio Gomes (Friburguense).

Local - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro.


Sitevip Internet