Olhar Direto

Notícias / Cidades

Polícia cumpre mandado contra adolescente que ameaçou cometer atentado em colégio de Cuiabá

Da Redação - Wesley Santiago

17 Abr 2019 - 07:55

Foto: Reprodução

Polícia cumpre mandado contra adolescente que ameaçou cometer atentado em colégio de Cuiabá
A Delegacia Especializada do Adolescente (DEA) cumpre na manhã desta na manhã desta quarta-feira (17) um mandado de busca e apreensão na residência do adolescente A.L.S., de 15 anos, que ameaçou cometer um atentado no Colégio Coração de Jesus, em Cuiabá.

Leia mais:
Após ameaça de atentado, pais se assustam e impedem ida de filhos a colégio

Os policiais civis da especializada recolheram computador, tablet e celular do jovem. A delegada Anaíde Barros é a responsável pela investigação. Ao Olhar Direto, ela confirmou o cumprimento dos mandados.

"O mandado foi cumprido em continuidade das investigações. É uma resposta enérgica do Estado para punir os responsáveis por fazer estas ameaças", disse a delegada à reportagem.

O objeto da ordem deferida pelo Juizado da Infância e Juventude, pelo juiz Jorge Alexandre Martins Ferreira, com anuência da Promotoria da Infância e Juventude, promotor Rogério Bravin, é apreender armas ou produtos eletrônicos que aparecem nas imagens de ameaça, análogas a atos infracionais, praticados pelo menor, que circularam em redes sociais. 

Inquérito

O adolescente de 15 anos, que divulgou vídeos na internet onde supostamente ameaçava cometer um atentado no Colégio Coração de Jesus, em Cuiabá, será responsabilizado criminalmente pela ameaça. Segundo a Polícia Civil, um inquérito já foi aberto e os responsáveis deverão arcar com os custos gerados pela mobilização das forças de segurança. O menor, o pai e a mãe foram ouvidos na Delegacia Especializada do Adolescente (DEA).

Um procedimento foi instaurado na Delegacia Especializada do Adolescente (DEA), para apurar o ato infracional cometido pelo adolescente, análogo ao crime de ameaça. 

“A população, ao tomar conhecimento desses tipos de fatos, precisa procurar antes de tudo à Polícia. Todas as denúncias estão sendo checadas e monitoradas pela Polícia Civil, através da Delegacia do Adolescente, junto com a Diretoria de Inteligência, com objetivo de evitar atos trágicos”, destacou a delegada titular da DEA, Anaíde Barros.
 
Em nota, a Polícia Civil afirmou que adotará medidas enérgicas em casos de ameaças em redes sociais a escolas no Estado de Mato Grosso. Todo infrator ou infratores e seus pais serão responsabilizados criminalmente pelas disseminações das promessas de ataques nas unidades de ensino, em qualquer município do Estado.
 
Também haverá cobrança de valores financeiros dos prejuízos gerados pela mobilização das forças de segurança, para apuração de fatos até então, todos averiguados como inverídicos, tratados pelos envolvidos como “brincadeira de mau gosto”. No entanto, na Segurança Pública são vistos com atos de ameaças e de apologia ao crime, passíveis de responsabilização criminal.

O caso

Um adolescente de 15 anos divulgou vídeos na internet onde supostamente ameaçava cometer um atentado em um colégio particular de Cuiabá. Nos vídeos e fotos, o garoto aparece com o que aparenta ser uma arma de fogo e com diversos equipamentos. Familiares de alunos ficaram desesperados com a situação e começaram a compartilhar as imagens como forma de aviso. O pai do menino já se retratou e afirmou que tudo não passou de uma “brincadeira de mau gosto”. A Polícia Civil deve ouvir o menor ainda nesta segunda-feira (15).

Nas imagens, o adolescente aparece ostentando o que seriam armas de fogo e também vestindo uma roupa tática. Em seu perfil, ele se apresenta como colecionador de facas e jogador de paintball amador.



 
Após ver a repercussão do caso, o pai do garoto postou um vídeo na internet, onde pontua que tudo não passou de uma brincadeira de mau gosto e que as armas seriam de paintball. “Também fiquei preocupado com estas postagens, mas quero tranquilizá-los. Trata-se de um menino muito bom. Ele errou, já chamamos a atenção dele”.
 
“Ele resolveu fazer uma brincadeira de mau gosto. Ele vai se retratar com todos vocês. É uma pessoa de bem, foi criado às duras lutas que temos todos os dias para pagar uma escola para ele. Fiquem tranquilos. Isto é apenas uma brincadeira de mau gosto, extremo mau gosto”, acrescentou.
 
No fim do vídeo, o aluno da escola se retrata sobre o caso. “Todas as postagens que fiz, eram relacionadas ao paintball, sou jogador. Não quis ofender ninguém ou fazer uma ameaça de massacre na escola. Queria pedir desculpas”.

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Sr. Clareza
    17 Abr 2019 às 10:11

    É né SAMPAIO... Cadeia Nele principalmente se for filho dos outros!!! Se fosse o seu uma medida sócio-educativa cairia bem não é seu hipócrita??? O menino se retratou, o pai se retratou... está ótimo... agora pais... vigiai!!!

  • Maria De Jesus
    17 Abr 2019 às 09:53

    Parabens exemplo de pai , pois, o senhor reconheceu e pediu desculpa publicamente fez seu filho se retratar isso é sim uma lição de autoridade paterna de humildade . Parabéns Pais eis exemplo para muitos que nos erros dos filhos alem de náo reconhecerem não assume nem pune os filhos . Quero dizer ao Senhor que eis exemplo de Pai seu filho agiu de forma inconsequente , porem, não é essa brincadeira que abonda a conduta dele.de bom filho , eu tenho certeza que com sua atitude que o.pai dele teve ele é sim um bom.menino e será um.grande homem. Confie em Jesus Ele ta cuidando de voces. Grande abraço. Parabéns.

  • alex r
    17 Abr 2019 às 09:10

    Parabéns! Estamos indo para o caminho certo.

  • EMORAES
    17 Abr 2019 às 09:04

    Esse adolescente merece sim levar um corretivo exemplar para largar com essas idéias malucas, e os pais esses sim participar de forma mais ativa na vida da família como um todo, porque não presentear esse jovem com livros, pois entendemos que a base de uma sociedade é semdúvida a educação.

  • Willian
    17 Abr 2019 às 08:45

    Chupa essa manga garotão...

  • Cidadão
    17 Abr 2019 às 08:43

    Esse fato é a prova da ausência dos pais na edução do filho. Fossem os pais mais presentes, certamente o menino não teria esse mau comportamento. A polícia deve investigar esse fato e apurar todos os elementos importantes para uma futura ação judicial, a fim de punir rigorosamente o menor e seus pais, pois, situação como essa é intolerável. Não se sabe realmente o que se passa na cabeça desse menor. Não se pode tratar o assunto, apenas como uma brincadeira de mau gosto. A cabeça humana é complexa, podendo arquitetar coisas horríveis. Autoridades, ajam com rigor, evitando assim um novo atentado como os que já ocorreram e deixarm famílias dilaceradas!

  • Sampaio
    17 Abr 2019 às 08:05

    Não justifica não cadeia nele ....

Sitevip Internet