Olhar Direto

Quarta-feira, 22 de maio de 2019

Notícias / Política MT

Mendes defende manutenção do Fundeb e diz que sem ele ensino público entraria em colapso

Da Redação - Isabela Mercuri

23 Abr 2019 - 17:27

Foto: Divulgação

Mendes defende manutenção do Fundeb e diz que sem ele ensino público entraria em colapso
O governador Mauro Mendes participou, nesta terça-feira (23), de um debate que em Brasília, para discutir o futuro do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Para ele, caso o fundo deixe de existir, o ensino público entrará em colapso.

Leia também:
Bezerra desafia Barbudo a disputar vaga de Selma no Senado: seria bom para testar os votos

O debate aconteceu durante o IV Fórum de Governadores, e a opinião de Mauro Mendes foi consonante com a dos líderes do executivo dos outros estados. O Fundeb tem sua validade expirada para o próximo ano, 2020, mas os governadores defendem que ele seja permanente e acrescentado à Constituição Federal.

 “Sem ele, praticamente colocaria em colapso o financiamento e a estrutura da rede pública de ensino em todo o país”, destacou Mendes. “Inclusive, vamos pleitear a ampliação dos recursos para serem investidos na educação básica em todo o país”.

A proposta, de acordo com a assessoiria, será apresentada ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, no próximo dia 8 de maio, em Brasília. Em vigor desde 2007, o Fundeb foi o substituto do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), que vigorou de 1997 a 2006.

Ele atende da creche até o ensino médio, e os recursos são distribuídos de acordo com o número de alunos, com base em dados do censo escolar do ano anterior. Os repasses para os Estados e municípios podem deixar de acontecer a partir de 2020.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Aff
    24 Abr 2019 às 12:22

    Professor ganha muito Sergio Sousa? Ahahahaha, a piada do dia!!!

  • Sergio Sousa
    23 Abr 2019 às 17:49

    Talvez não governador. Proposta: demissão de todos professores que ganham muito e são braço do PT e substituição por terceirizados que trabalham mais e não tem licença prêmio e privilégios.

Sitevip Internet