Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de maio de 2019

Notícias / Política MT

Obras dos viadutos das Torres e Beira Rio terão impacto menor que trincheiras e ficam prontas até junho de 2020

Da Redação - Wesley Santiago

13 Mai 2019 - 08:04

Foto: Reprodução

Obras dos viadutos das Torres e Beira Rio terão impacto menor que trincheiras e ficam prontas até junho de 2020
As obras dos viadutos que serão construídos nas avenidas Beira Rio e das Torres deverão ter um impacto menor que as das trincheiras que foram feitas no período pré-Copa do Mundo de 2014, em Cuiabá. A estimativa foi feita pelo secretário de Obras do município, Vanderlúcio Rodrigues. Ele ainda pontuou que os trabalhos devem ser finalizados até meados de 2020.

Leia mais:
Emanuel garante R$ 50 mi para construção de viadutos e programa de asfalto em Cuiabá
 

“Lançamos a licitação do viaduto uma vez, mas houve inconsistências. Fizemos as correções e lançamos o edital de concorrência no fim da semana passada. Em termo de obras, estamos presentes em todos os cantos da cidade”, pontuou o secretário, em entrevista ao Olhar Direto.
 
O cronograma de execução dos dois viadutos é de 12 meses. Eles serão feitos simultaneamente, já que foram separados em dois lotes. A previsão do secretário é que até junho de 2020, ainda durante o mandato do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), os trabalhos sejam finalizados.
 
O secretário ainda pontuou que os impactos no trânsito destas duas regiões será menor que os causados pelas obras das trincheiras da Copa do Mundo. “A maior parte é de peças pré-moldada. Não vai ter a escavação, é um projeto feito para cima. As vezes, as pessoas vão passar e ver a obra parada no local, mas a maior parte dela estará sendo feita na indústria. Isso porque são pré-moldados”.
 
“Assim que as peças estiveram prontas, são encaminhadas para o canteiro de obras e são montadas, é como um quebra-cabeças. Ainda existirá transtorno aos motoristas, mas já fizemos um estudo de toda a região. Verificamos os pontos de desvio, que receberão uma atenção especial. O transtorno será o menor possível, para um bem maior”, acrescentou o secretário.

Viadutos

As duas obras são vistas como essências para melhorar o trânsito em dois dos maiores gargalos de Cuiabá. Ao todo, os dois projetos estavam estimados em R$ 30 milhões

Os estudos de viabilidade realizados para a implantação dos viadutos apontam que em ambas as localidades, o fluxo de veículos tem sido cada vez mais crescente, o que resulta em quilômetros de congestionamentos com a espera de mais de 30 minutos, durante o horário de pico.
 
De acordo com a sondagem, a execução da intervenção pontual na Beira Rio deve duplicar a capacidade do cruzamento, atendendo de forma direta 9 mil pessoas por hora/pico e, indiretamente, 145 mil habitantes do entorno. Na Avenida das Torres o número chega a 10 mil de forma direta e 90 mil pessoas indiretamente.
 
Com as edificações, a Prefeitura pretende alcançar resultados como a redução do tempo de locomoção e aumento das condições de segurança de usuários das vias; melhoria de acesso aos serviços sociais, instalados em polos centrais e bairros mais distantes; melhoria das condições de escoamento dos produtos locais e impactos positivos no incremento da competitividade regional; crescimento das atividades econômicas nos bairros da área de influência do empreendimento; o meio socioeconômico da área de influência da obra será alterado, tendo reflexos diretos na economia regional e na qualidade de vida da população.

TCE

Exigências abusivas, ausência de projeto básico e sobrepreço superior a R$ 5 milhões, levaram a conselheira interina do Tribunal de Contas de Mato Grosso, Jaqueline Jacobsen, a determinar a suspensão do procedimento licitatório instaurado pela Secretaria Municipal de Obras Públicas de Cuiabá visando a construção de dois viadutos na Capital no ano passado.

A medida foi  proposta pela Secretaria de Controle Externo (Secex) de Obras e Infraestrutura.

10 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • DAILSON SOARES DE OLIVEIRA
    15 Mai 2019 às 19:38

    Tem que construir a avenida das torres 2,ai sim Ja que o rodoanel não sai do papel

  • DIEGO
    14 Mai 2019 às 11:25

    Duvido que vai ficar pronta nesse prazo, daqui alguns dias começam as desculpas, a chuva atrapalhou o andamento( todo mundo sabe que chove todo ano e não calculam isso), ai vem erro no projeto, aditivos, irregularidades e etc... Só no brasil que nunca se cumpre um cronograma e fica tudo normal!

  • AVANÇA LOGO MT
    14 Mai 2019 às 08:21

    TA DEMORANDO MUITO

  • Cuiabana
    13 Mai 2019 às 23:00

    Enquanto o mundo conclui que viadutos não são alternativas adequadas, inclusive esteticamente ... Sem problema! Justificando o corte na Educação.

  • Gumercindo do Dom Aquino
    13 Mai 2019 às 15:56

    Realmente o trânsito da capital dispõe de poucas vias expressas. A Avenida Fernando Corrêa é a única via que liga os bairros da região Sul ao centro da cidade. Se não abrir uma nova alternativa com uma outra ponte no Rio Coxipo o nosso trânsito vai continuar caótico. Simples assim. Entenderam senhores gestores ?

  • Odenil Vitoriano
    13 Mai 2019 às 15:20

    Cronograma? Se for igual ao da passarela em frente a rodoviária que deveria ficar pronta para os 300 anos, só daqui uns 30 anos. https://www.olhardireto.com.br/noticias/exibir.asp?id=452663¬icia=passarela-da-rodoviaria-sera-entregue-em-abril-de-2019-fotos-e-video-do-projeto-

  • Ximbinha
    13 Mai 2019 às 13:27

    Não vai abrir a via interligando o florais Itália ao Santa Cruz e o imperial? Vai jogar todo tráfego da avenida das Torres pra avenida do moinho que já está um caos?

  • Véio Joaquim
    13 Mai 2019 às 09:27

    TORÇO para que NUNCA saia do papel. O certo é fazer novas vias para escoamento do tráfego.

  • Bóbó chera chera
    13 Mai 2019 às 08:52

    Obra essa que nunca irá acontecer né meus lindos!!!??

  • Landolfo
    13 Mai 2019 às 08:39

    Somos tratados como palhaços e o pior é q nos confirmamos com isso. Absurdo. Primeiro. Porquê não abrem outras vias para distribuir o fluxo. SEGUNDO SÓ O BOBO DA CORTE para acreditar q fica pronto em meados de 2.020. um pouco antes das eleições. É achar a população medíocre.

Sitevip Internet