Olhar Direto

Sábado, 21 de setembro de 2019

Notícias / Política MT

Mauro garante que 70% das queimadas no Estado são causadas por pequenos sitiantes

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

25 Ago 2019 - 08:10

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Mauro garante que 70% das queimadas no Estado são causadas por pequenos sitiantes
Confirmando o que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse em sua visita à Cuiabá, o governador Mauro Mendes (DEM) declarou que mais de 70% das queimadas que acontecem no Estado, estão sendo provocadas por pequenos sitiantes, ou por agricultores familiares que vivem em assentamentos.

Leia também
Em MT, ministro foge de polêmicas e admite que Brasil precisa “dar exemplo” em conservação


Nesta quarta-feira (21), o governador, acompanhado pelo ministro sobrevoou em um helicóptero regiões da baixada cuiabana que são foco de queimadas. Em coletiva de imprensa após a vistoria, o ministro garantiu que grande parte dos focos de incêndios aparenta ter origem proposital.

O próprio presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) já havia manifestado nesta semana que organizações não governamentais (ONGs) estariam por trás dos incêndios na região amazônica para prejudicar a imagem do Governo fora do país.

Questionado sobre o assunto nesta quinta-feira (22), o governador Mauro Mendes concordou com o ministro e disse que a maioria das queimadas nos arredores da capital são provocadas, talvez por descuido, ou até por irresponsabilidade, por pequenos sitiantes.

“As queimadas aqui no Estado de Mato Grosso, segundo levantamento de nosso Corpo de Bomebeiros, a grande parte dela tem sido gerada próximo as atividades urbanas. Ontem nós fizemos um sobrevoou de Cuiabá à Chapada e vimos que mais de 70% das queimadas aconteceram no perímetro urbano ou próximo do perímetro urbano, onde o pequeno sitiante, ou o proprietário de alguma pequena residência rural que vai queimar um lixo e o fogo foge do controle, gerando o incêndio”, disse o governador.

“Estamos percebendo que grande parte das queimadas que acontecem em Mato Grosso nascem em assentamentos rurais, em pequenas atividades urbanas, próximo das atividades urbanas ou em agricultura familiar. É o descuido destas pessoas ou até a irresponsabilidade de alguns que pode ter gerado este grande número de queimadas no nosso Estado”, afirmou.

O Estado do Mato Grosso, hoje lidera o ranking de queimadas na Amazônia, com aproximadamente 14 mil focos de calor acumulados em todo ano, conforme um levantamento feito pelo Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais (Inpe), divulgado nesta semana.

A situação em Mato Grosso é de alerta ambiental, com o registro de temperaturas que atingem até 38° em várias regiões do Estado nos últimos dias. O clima quente acaba favorecendo o aumento de queimadas.

O Corpo de Bombeiros já comunicou que precisa de mais apoio e vê mostrou preocupação com o bloqueio do Fundo Amazônia.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • joaquim
    25 Ago 2019 às 16:29

    Parabéns caro nobre governador. Pela bela assessoria que tem. Estude o Estado de Mato Grosso primeiro para depois sair falando sobre as queimadas assim ira falar com propriedade cientifica. Colocar culpa em alguém na mídia é fácil agora vamos tenta provar quem foi culpado. Que é difícil. Como dizia os estudiosos da SEMA para acabar com as queimas temos que colocar o povo na ruas será que isto está acontecendo seu governador. Que saiba só os militares bombeiros estão a postos na época de queimadas do dia 15 de julho a 15 de setembro. E lugares isolados para ter um fundamento científico para expor essa noticias na mídia. Logo o seu governo já estará chegando ao fim de um só mandato.

  • romildogoncalves@hotmail.com
    25 Ago 2019 às 12:55

    NÃO GOVERNADOR, 60% DOS INCENDIOS FLORESTAIS SAEM DAS MARGENS DE VIAS PÚBLICAS FEDERAIS ESTADUAIS E VICINAIS QUE NÃO SÃO ACEIRADAS PELO PROPRIO PODER PÚBLICO CONFORME DETERMINA A LEI FEDERAL 12651/12. VOSSA SENHORIA ESTA LITERALMENTE MAL INFORMADO, NÃO FALE O QUE NÃO SABE, POR FAVOR, NÃO JOGUE A CULPA EM TERCEIROS. PEÇA SE TIVER SUA ASSESSORIA AMBIENTAL PARA LHE INFORMAR MELHOR. PQ. SEM MAIS DELONGO. V.S. ESTÁ FORA DA REALIDADE NESSA SEARA.

  • Moacir
    25 Ago 2019 às 12:41

    Mentira. O maior causador de incêndios são os ricos proprietários de grandes terras. Agropecuária. Queimada de pastos e de palhas secas. Pra vir a chuva e deixar tudo lindo. Ricos não estão nem aí com desmatamento e queimada.

  • LUIS
    25 Ago 2019 às 11:45

    O MM quer chamar a gente de otário? É claro que as maiores queimadas são oriundas da limpeza após desmatamento. Ninguém tá falando de queimadinha em sitio próximo de Cuiabá (aqui nem é Amazônia, gente estamos no cerrado) desmantelam o IBAMA e acham que os madeireiros e desmatadores para criação de gado não vão aproveitar?

  • Indignado
    25 Ago 2019 às 08:57

    Governador, a parte mais sensível do corpo humano de quem põe fogo sem se preocupar com as consequências, chama-se bolso! Então, edita leis severas( prisão, multa e perda da propriedade)) e espalha outdoor no Estado inteiro alertando!! E se mesmo assim continuar.....aplica,a lei!! Garanto que nunca mais vamos passar por um absurdo desses. Já não se respira mais, neste Estado. É o Senhor como chefe de Estado o único que pode por um fim nisso. Não adianta só sobrevoar área queimada, precisa de ação e punição!

  • Rui negreiros
    25 Ago 2019 às 08:30

    Enquanto isso a pm prendendo maconheiro

Sitevip Internet