Olhar Direto

Terça-feira, 29 de setembro de 2020

Notícias / Cidades

Empresário reage a assalto em residência e é baleado por um dos criminosos

Da Redação - Thaís Fávaro

10 Set 2019 - 10:41

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Empresário reage a assalto em residência e é baleado por um dos criminosos
A Polícia Militar juntamente com a Polícia Judiciária Civil prenderam na noite de segunda-feira (9), dois jovens identificados como Willian da Silva, de 22 anos e Diego Jesus da Silva, de 20, suspeitos de invadirem a casa de um empresário de casa de embalagens, no bairro Parque Atlântico, em Várzea Grande. Durante o roubo a vítima reagiu e acabou sendo baleada ao entrar em luta corporal com um dos assaltantes. O  seu atual estado de saúde não foi informado.

Leia também
Velório de dentista morto em acidente é marcado por comoção e lembranças: “Coração enorme”
 
De acordo com a Polícia Militar, as equipes foram acionadas por volta das 22h30 para atender uma ocorrência de roubo a residência onde a vítima teria sido alveja por disparos de arma de fogo. De acordo com as informações, três suspeitos entraram na residência e anunciaram o roubo, a vítima reagiu partindo para cima de um dos assaltantes. Houve luta corporal e um terceiro assaltante disparou contra a vítima.

Após isso, os suspeitos fugiram da residência deixando cair alguns pertences pessoais e a arma de fogo utilizada na ação. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve no local para isolar a área e recolher a arma e os pertences dos criminosos. A vítima foi socorrida por familiares e levada para o Pronto Socorro de Várzea Grande para receber atendimento médico.

Uma testemunha afirmou ter ouvido um criminosos sendo chamado pelo apelido de “Café” durante o roubo. Os policiais mostraram para a vítima algumas fotos de suspeitos com o mesmo nome e um deles foi reconhecido por ela como sendo um dos homens que participaram da ação criminosa.

As equipes saíram em buscas pelos suspeitos e encontraram Willian (Café) e Diego no bairro Vila Arthur. A polícia continua as buscas pelo terceiro suspeito, identificado apenas como Crhistian.

Diego e Willian foram conduzidos para a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande para os procedimentos que o caso requer. Eles deverão responder por latrocínio (tentado), associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo.

A Polícia Civil acompanha o crime.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet