Olhar Direto

Terça-feira, 22 de outubro de 2019

Notícias / Cidades

Após período de estiagem, primeira chuva derruba árvores e danifica cobertura de posto de combustíveis

Da Redação - Thaís Fávaro

21 Set 2019 - 10:27

Foto: Portal Sorriso

Após período de estiagem, primeira chuva derruba árvores e danifica cobertura de posto de combustíveis
Após quatro meses de estiagem, a combinação de chuva e vento causou estragos e danificou a cobertura de um posto de combustíveis e derrubou diversas árvores em Sorriso (396 Km de Cuiabá). A chuva atingiu diversas cidades do interior do Estado.

Leia mais
Com apenas 5% chances, Chapada dos Guimarães registra chuva; veja vídeos 
 
De acordo com as informações do Portal Sorriso, um carro modelo Gol, que estava estacionado em frente ao Hospital Regional de Sorriso, foi atingido por uma árvore. O veículo, porém, não chegou a ficar amassado e ninguém ficou machucado. O proprietário estava na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) quando o incidente ocorreu.

Em Alta Floresta (792 Km de Cuiabá) houve a chuva mais expressiva de cerca de 30 minutos de duração, também com fortes ventos. Em Lucas do Rio Verde (336 Km de Cuiabá), a chuva que caiu não foi muito expressiva e atingiu poucos bairros da cidade.

Em Paranaíta (840 Km de Cuiabá), de acordo com a Prefeitura, o caso foi parecido. A água atingiu apenas os bairros mais afastados e assentamentos. Porém, houve muita ventania na cidade. Já em Guarantã do Norte (710 Km de Cuiabá), choveu na quarta e quinta-feira, porém sem a presença de ventos fortes.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • rafael
    21 Set 2019 às 15:55

    e agora, isso tambem é culpa do Bolsonaro? vao avisar o MACRON da França para providencias?