Olhar Direto

Segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Notícias / Cidades

Servidores públicos morrem no fim de semana em Cuiabá

Da Redação - Wesley Santiago

14 Out 2019 - 16:08

Foto: Reprodução/Ilustração

Servidores públicos morrem no fim de semana em Cuiabá
Dois servidores públicos de Cuiabá morreram neste fim de semana. Júlio Cezar Maciel, 48 anos e Maurino Ramos Oliveira, 58 anos, estavam lotados na Secretaria Municipal de Educação. O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) lamentou a perda e enviou condolências às famílias enlutadas.

Leia mais:
Servidora morre vítima de infarto fulminante em Cuiabá
 
Júlio Cezar nasceu no Rio de Janeiro e exercia o cargo de Técnico em Administração Escolar desde o ano de 2000, na EMEB Profª. Elza Luiza Esteves, no bairro Canjica. Geógrafo por formação ele deixa dois filhos.
 
Também neste final de semana faleceu o  servidor público Maurino Ramos Oliveira, 58 anos, quando se recuperava de problemas cardíacos. Já em processo de aposentadora funcional na gestão escolar, Maurino trabalhou 37 anos na rede pública municipal de Educação, na EMEB Senador Gastão de Matos Muller, no bairro  Pedra 90, na função administrativa.
 
Maurino deixa esposa, filhos e netos, além de uma legião de amigos e colegas de trabalho.
 
O prefeito Emanuel Pinheiro lamentou as perdas que a Educação Municipal tem sofrido nos últimos dias. “Pela dedicação a educação pública cuiabana, pelo profissionalismo, pela legião de amigos que cultivaram ao longo de suas carreiras, enquanto estiveram entre nós, é que prestamos nossas sinceras condolências às famílias, amigos e colegas de trabalho de Júlio Cezar e Maurino”, lamentou.
 
“Temos vivido momentos de dor e luto, com grandes perdas. Estendemos todo nosso sentimento e prestamos nossas sinceras condolências às famílias as quais prestamos nossas sinceras condolências”, disse o secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Andrea
    14 Out 2019 às 21:50

    A falta de educação alunoa. A pressão psicológica. A falta de condições trabalhista. O pouco tempo para cuidar da saude, pois trabalham em dois ou mais periodos. São fatores que contribuem para a morte precosse de tantos funcionários da educação cuiabana e brasileira.

Sitevip Internet