Olhar Direto

Quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Notícias / Cidades

Dez são presos e 18 autuados por embriaguez em blitz da Lei Seca

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

26 Jan 2020 - 08:34

Foto: Reprodução

Dez são presos e 18 autuados por embriaguez em blitz da Lei Seca
Dez motoristas foram presos em flagrante e dezoito foram autuados por estarem dirigindo embriagados em blitz da Lei Seca realizada no bairro Jardim Eldorado, na cidade de Várzea Grande, no final da tarde deste sábado (25). O todo, 202 testes de alcoolemia foram realizados pelo policiais e agentes de trânsito.

Leia também
Caminhoneiro de 59 anos morre após tombar carreta carregada com 28 toneladas de carne


A ação que iniciou as 17h30e terminou as 19h30 abordou 18 condutores sob o efeito de álcool. Dez deles, que apresentavam uma quantidade muito superior do que o permitido pela lei, acabaram sendo detidos em flagrante.

Os agentes também apreenderam 23 carros e 10 motos por encontrarem os veículos com irregularidades, como o licenciamento vencido.

O condutor que é flagrado dirigindo embriagado, pelo Código Nacional de Trânsito, tem que pagar multa no valor de R$ 2.934,70, caso o teste de bafômetro apresente o índice de álcool no sangue superior a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido (mg/l). Ele também é preso, tem sua CNH suspensa e responde pelo crime, podendo ser condenado à seis meses a três anos.

Quando a quantidade de álcool detectada for abaixo de 0,33mg/l, o motorista apenas é autuado, tem sua CNH retida e paga a multa.
 

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Fabio Henrique
    26 Jan 2020 às 23:39

    Em Cuiabá as blitz precisam serem diárias na cidade toda principalmente nos bairros centrais.

  • Zé do applicativo
    26 Jan 2020 às 21:50

    Precisam investigar a divulgação de BITZ em GRUPOS de aplicativos Whatsapp e Telegram. Eles chamas as operações de: EVENTOS.

  • carolina silva
    26 Jan 2020 às 13:57

    precisa de um numero para denuncias pra PM fazer blitz na hora. acontecem muitas festas nos bairros onde o povo bebe ate não poder mais inclusive durante a semana