Olhar Direto

Quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Notícias / Cidades

Homem é assassinado a tiros por motociclistas em avenida do CPA

Da Redação - Arthur Santos da Silva

26 Jan 2020 - 09:29

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Homem é assassinado a tiros por motociclistas em avenida do CPA
Homem identificado como Adriano Silva Albuquerque de Amorim, de 30 anos, foi assassinado no final da tarde deste sábado (25), no bairro CPA IV, em Cuiabá.

Leia também 
Jovens são detidos acusados de assediar vendedora de pastel em frente a boate

 
Dois homens em uma moto roubada executaram os disparos. A vítima estava dentro de um carro. Três perfurações foram encontradas no corpo da vítima. Os suspeitos ainda não foram identificados.
 
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local, constatando a morte. Policiais militares fizeram buscas e ouviram testemunhas que se aglomeraram na região do crime.
 
O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e liberado em seguida para a família. Adriano era morador de Várzea Grande e não tinha passagens criminais

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Zeca
    27 Jan 2020 às 09:17

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Aroldo (Cristo Rei)
    26 Jan 2020 às 18:19

    Oh (((crítico))) Não adianta dar bizu. Fato ocorrido as 15 horas terça feira dia 28 Setembro 2008 na Av Gov Júlio Campos 3233A vítima Jorge Severino de Farias. Está na DRFVG. Deveria a DHPP dismiusar isso tão nem aí. Fato foi isto mesmo e muito mais que homicídio tá ENGAVETADO como LATROCÍNIO.

  • Crítico
    26 Jan 2020 às 13:31

    Tcheiro de crime passional