Olhar Direto

Notícias / Cidades

Hospital Municipal de Cuiabá atinge lotação de 100% em UTI’s

Da Redação - Fabiana Mendes

01 Jun 2020 - 15:56

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Hospital Municipal de Cuiabá atinge lotação de 100% em UTI’s
O Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) Dr. Leony Palma de Carvalho atingiu 100% de sua capacidade de lotação nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Apenas nos meses de março, abril e maio foram 6.330 pessoas atendidas na urgência e emergência e 2.098 cirurgias realizadas de média e grande complexidade. Os dados dão conta que os atendimentos de pessoas residentes de outros municípios de Mato Grosso chegam a 60%.

Leia mais:
Com abastecimento comprometido, prefeitura faz apelo para que moradores de Chapada poupem água

De acordo com a Prefeitura de Cuiabá, as ações de enfrentamento ao novo coronavírus fizeram com que o Hospital se tornasse a principal ‘fonte desafogadora’ do Sistema Único de Saúde (SUS) mato-grossense no atendimentos à outras doenças.

Segundo o diretor geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECS) que administra o HMC, Alexandre Beloto, a crescente se dá ao fato de a unidade está atuando em reforço à todas as medidas de enfrentamento a Covid-19, adotadas pelo prefeito.

“Dentro do plano de enfrentamento ao novo vírus, o prefeito Emanuel Pinheiro optou por deixar o HMC como suporte às outras enfermidades para que os infectados pela Covid-19, não tenha contato contado com outros doentes. Embora nossa demanda tenha aumentado consideravelmente, pois estamos recebendo um percentual altíssimo de não residentes de Cuiabá, estamos, com muito esforço e dificuldade, mantendo o mesmo padrão de acolhimento humanizado que é premissa da gestão atual à todos que buscam nossos atendimentos”, enfatizou Beloto.

Esse desempenho, segundo o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho, aliado às frentes de trabalho adotadas no combate à pandemia, incluindo o isolamento social, foram os responsáveis pelo não colapso do sistema de saúde até então.

“Esse é o maior reflexo de que Cuiabá sozinha acolhe a maior parcela dos enfermos do estado inteiro. Não fosse essa organização do prefeito Emanuel Pinheiro, a Capital, que já está penalizadas por esses acréscimos intenso nos atendimentos, e está atuando com pouco ou quase zero de respaldo do governo estadual, o sistema de saúde já teria colapsado. Esses números mostram que todos os esforços da gestão estão dando certo e vidas estão sendo salvas, mas, mostram também, que o governo de Mato Grosso precisa olhar com mais carinho para a Saúde, pois sozinha, Cuiabá não dará conta de 141 municípios. Os esforços precisam ser conjuntos, para juntos, saímos dessa pandemia com o menor impacto possível”, finalizou Pôssas.
 

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • JÚLIO CÉSAR PEREIRA
    02 Jun 2020 às 13:19

    chega de terror, faça como o jornal pagina do estado divulguem informações de orientação a população.

  • Pedro
    02 Jun 2020 às 09:48

    Concordo com o San, primeiro os residentes, depois os outros. Cada estado que lide com seus problemas, porque importar infectados?

  • San
    01 Jun 2020 às 23:36

    O H.M.C. atende gente até de outros estados...principalmente do Pará....até da Bolívia O povo dos outros municípios tem que cobrar dos seus prefeitos e vereadores hospitais municipal...

  • Ademir
    01 Jun 2020 às 20:58

    Esqueceu de dizer o que fez com os 40 milhões que o Governo Federal mandou para Cuiabá, onde esta investido o dinheiro para a pandemia do virus chinês??

  • Bugre
    01 Jun 2020 às 20:00

    Presidente Lula, nos ajude por favor! Queremos ser igual Cuba e Venezuela, vamos lutar com todas as forças para sermos uma república socialista resistiremos, ficaremos em quase em quarentena absoluta, somos contra o capitalismo e a família. Viva o socialismo e o comunismo!

  • Salomão
    01 Jun 2020 às 18:21

    Boa noite Mas isso é simples o governador e a prefeita de várzea Grande inaugurou o hospital em várzea grande com bastantes leitos e está vazio como se diz a prefeita e o governador então é só fazer os encaminhamentos diretamente a eles e deixa os hospitais de Cuiabá vazio vamos lotar primeiro do município de Várzea Grande aí vai encaminhando aos poucos para Cuiabá 40% dos outros municípios já faz os encaminhamentos já direto como os hospitais de Várzea Grande q aí para essas brigas de prefeitos e governador já q várzeas Grande já está nos maiores índices do estado com mais morte e infectado do covid....

  • Mari
    01 Jun 2020 às 17:57

    Essa conta tá difícil de fechar. E ainda irão abrir os shopping???

  • Marta Rocha CPA 2
    01 Jun 2020 às 17:26

    Pânico de guerra coronavirus. Fiquem em casa Essa doença é terrível. Boicotem empresários egoístas daqui e compre via internet.

  • Moreira
    01 Jun 2020 às 17:02

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet