Olhar Direto

Quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Notícias / Cidades

Professor acusado de estuprar aluna de 11 anos é morto e jogado no Rio Cuiabá

Da Redação - Fabiana Mendes

16 Set 2020 - 09:17

Foto: Flickr

Professor acusado de estuprar aluna de 11 anos é morto e jogado no Rio Cuiabá
O professor de música Erli Delmar Essi, 72 anos, foi encontrado morto no Rio Cuiabá, próximo à Ponte Sérgio Motta, na tarde desta terça-feira (15). Há cerca de dez dias, ele foi denunciado por suspeita de estuprar uma aluna de 11 anos, em Várzea Grande (região metropolitana da Capital).

Leia mais:
Responsáveis por aplicar 'salves' para facções criminosas são presos pela polícia

Segundo informações da Polícia Civil, o corpo do professor foi localizado por volta das 15 horas por uma equipe da Polícia Militar. O cadáver estava boiando na beira do rio, com o rosto bastante machucado, duas pedras amarradas em sua perna e uma no pescoço.

O local foi isolado até a chegada do Corpo de Bombeiros, que fez a confirmação do óbito. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e o Instituto Médico Legal (IML) irão apurar a causa da morte, bem como a Polícia Civil.

O estupro

No dia 4 deste mês, uma aluna de Erli contou para a mãe que teria sido abusada pelo professor durante uma aula de música. Na ocasião, a PM foi acionada e seguiu até a residência do suspeito, mas ele teria fugido.

Um boletim de ocorrência foi registrado e a Polícia Civil passou a investigar o caso.  

Comentários no Facebook

Sitevip Internet