Olhar Direto

Sábado, 31 de outubro de 2020

Notícias / Cidades

Investigadora da PJC morre vítima da Covid-19 após 25 dias na UTI

Da Redação - Fabiana Mendes

18 Set 2020 - 14:16

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Investigadora da PJC morre vítima da Covid-19 após 25 dias na UTI
A investigadora aposentada da Polícia Civil, Vanda Maria Morais Moreira, 54 anos, morreu na quinta-feira (17), em decorrência da Covid-19, no Pronto-Socorro de Barra do Garças (a 518 quilômetros de Cuiabá). 

Leia mais:
Policial civil morre vítima de infarto fulminante em Cuiabá

Vanda Maria, conhecida carinhosamente como “Vandinha”, ingressou no cargo de investigadora de polícia no mês de abril de 1985. Por 30 anos, a servidora se dedicou  atuando na Delegacia de Polícia de Noxa Xavantina. Ela se aposentou em junho de 2015.

Vanda estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) há cerca de 25 dias, mas não resistiu na luta contra a doença. “A Polícia Civil lamenta profundamente a morte da servidora, que tanto contribuiu para o desenvolvimento da instituição”, diz trecho da nota de pesar emitida pela PJC. 

Outra morte na Polícia Civil 

Na quarta-feira (16), O policial civil Admilson Evangelista, de 42 anos, conhecido como Fumaça, morreu em decorrência de um infarto fulminante. Ele foi encontrado dentro de sua residência no bairro Lixeira, em Cuiabá.

O investigador de polícia ingressou na instituição há 19 anos, passando por diversas unidades, e era muito querido por amigos e colegas com os quais trabalhou.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet