Olhar Direto

Sábado, 28 de novembro de 2020

Notícias / Cidades

Governo Federal envia homens da Força Nacional para atuar no Pantanal

Da Redação - Fabiana Mendes

23 Set 2020 - 11:40

Foto: Reprodução

Governo Federal envia homens da Força Nacional para atuar no Pantanal
O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) enviou 40 bombeiros da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) para auxiliar no combate aos incêndios no Pantanal mato-grossense, nesta quarta-feira (23). Eles deverão atuar por 30 dias na região. A portaria 534/2020, assinada pelo ministro André Mendonça, atende a pedido do governador Mauro Mendes e deve ser publicada no Diário Oficial da União ainda hoje.

Leia mais:
Com poucas chuvas, incêndios devem continuar nas próximas semanas no Pantanal

Além do efetivo da Força Nacional, o apoio conta com o envio de dez viaturas, dois micro-ônibus e um helicóptero. O combate às queimadas será realizado por profissionais e equipamentos especializados neste tipo de ação.

Segundo informações da assessoria de imprensa, com o objetivo de reforçar o combate aos incêndios na região, o Ministério também está em contato com as secretarias de Segurança Pública do Distrito Federal e do Paraná, que poderão disponibilizar mais militares para o Estado. Neste sentido, o apoio do Ministério será com o custeio de diárias dos profissionais.

No último sábado (19), o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, entrou em contato com os governadores de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul oferecendo apoio aos estados para colaborar na extinção do desastre. Na segunda-feira (21), o Ministério recebeu ofício do governador do Mato Grosso solicitando apoio da Força Nacional.

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) detectou 15.756 focos de incêndio de janeiro até setembro, o maior índice desde que os números começaram a ser compilados.

Já Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), ao menos 2,9 milhões de hectares do Pantanal foram destruídos pelas queimadas, mais do que o dobro da área devastada pelos incêndios florestais na Califórnia (EUA).

Comentários no Facebook

Sitevip Internet