Olhar Direto

Sábado, 31 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

Virginia exalta casal França e diz sentir 'tristeza e arrependimento' por ter ajudado a eleger Emanuel

Da Redação - Arthur Santos da Silva

17 Out 2020 - 10:43

Foto: Reprodução

Virginia exalta casal França e diz sentir 'tristeza e arrependimento' por ter ajudado a eleger Emanuel
Primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes usou as redes sociais para exaltar a ex-primeira-dama de Cuiabá, Iraci França, esposa do atual candidato a prefeito, Roberto França. Virginia exaltou Iraci pela criação do projeto Siminina e aproveitou a publicação para expor seu arrependimento em, segundo suas palavras, ter ajuda a eleger Emanuel Pinheiro no último pleito.

Leia também
Alheio a rixa de pai com governador, Emanuelzinho garante que terá relação pacífica com Paiaguás

 
Conforme Virginia, o Siminina revolucionou a área social em Cuiabá. Ela, que também foi primeira-dama na Capital, até 2016, afirmou que projeto contava, durante gestão Mauro Mendes, com 1.500 crianças e adolescentes, em 17 unidades.
 
Virginia salientou ainda que dizer que a atual gestão assumiu o programa com 200 crianças é uma mentira. “E isso me deixa triste, pois todos sabem que isso não é verdade”, escreveu em sua postagem. Segundo a esposa de Mendes, houve “um crescimento de 100 crianças em 4 anos. Acho muito pouco para quem assumiu com tantas promessas”.

O espaço no Instagram foi usado ainda para expor remorso em ter ajuda a eleger Emanuel Pinheiro no último pleito.  “Sinto tristeza e arrependimento de ter ajudado a eleger uma pessoa que saiu em rede nacional com os bolsos do paletó caindo dinheiro”.
 
Complementando a crítica, Virginia externalizou seu apoio a Roberto França no pleito que pode se encerrar no dia 15 de novembro. “Tenho certeza que Roberto e Iraci vão dar continuidade e fazer muito mais pelas meninas do Siminina e por Cuiabá. Eles têm experiência e já provaram que sabem fazer, são honestos”.
 
Confira o texto postado por Virginia Mendes:

Uma coisa que prezo muito nas pessoas estando ou não em cargos públicos é a honestidade e a capacidade de agregar, de reconhecer as boas ações. E faço isso publicamente à ex-primeira-dama de Cuiabá, Iraci França, uma mulher que admiro muito em razão do trabalho que executou ao lado do prefeito Roberto França.

Iraci foi a responsável pela criação do Siminina, que revolucionou a área social em Cuiabá, tirando meninas da faixa de risco, da gravidez precoce. Tornando-se um exemplo. Isso precisa ser reconhecido.

Quando eu fui primeira-dama da Capital recebi o Siminina sem a devida atenção por parte das gestões que vieram depois de Iraci e Roberto. Ao lado de uma grande equipe, trabalhamos neste resgate, reestruturando o projeto e implantando novas atividades para atender meninas e adolescentes carentes.

Ao contrário do que li por aí, quando estávamos no Siminina ele nunca foi um programa de ‘recreação’. Sempre atuamos na prevenção de situações de risco e violação de direitos por meio de atividades, como por exemplo, reforço escolar, aulas de dança, teatro, ballet, música, palestras educativas sobre diversos temas como prevenção da gravidez na adolescência.

Investimos na melhoria da infraestrutura e na equipe de profissionais, incluindo psicólogos, assistentes sociais, pedagogos. Providenciamos uniformes novos, com roupa de frio, material escolar de qualidade.

Também ofertávamos atendimentos na área de saúde com consultas ao dentista e oftalmológicas, incluindo a doação dos óculos de grau.

Tínhamos sim as atividades recreativas, como toda criança merece e deve ter nas datas especiais. Levamos as meninas a vários passeios. Viver experiências que elas nunca tinham tido a oportunidade.

Nunca fiz nada que não fosse pensando nelas. Uma vez até me ligaram de um evento que foi realizado num buffet conhecido da cidade para contar que estavam servindo caviar para as “madrinhas” e as meninas sem lanche. Achei um absurdo!

Em 2016, quando deixamos a Prefeitura, o projeto contava com 1.500 crianças e adolescentes, em 17 unidades. Ampliamos em 8x o número de atendimentos de quando assumimos, que eram em torno de 198.
É preciso deixar claro que tudo isso são fatos, não são números maquiados. Vejo divulgações atualmente que o Siminina tem 1.600 meninas, um crescimento de 100 crianças em 4 anos. Acho muito pouco para quem assumiu com tantas promessas. Dizer que a atual gestão assumiu o programa com 200 crianças é uma mentira. E isso me deixa triste, pois todos sabem que isso não é verdade.

Sinto tristeza e arrependimento de ter ajudado a eleger uma pessoa que saiu em rede nacional com os bolsos do paletó caindo dinheiro.

Infelizmente ainda temos algumas pessoas que não reconhecem as boas práticas e querem assumir o crédito sozinhas. Eu, pelo contrário, agradeço e destaco todo o apoio e sou grata demais aos que somaram conosco e juntos tornamos o Siminina como um dos melhores programas de fortalecimento de vínculos da Assistência Social de Cuiabá.

Tenho certeza que Roberto e Iraci vão dar continuidade e fazer muito mais pelas meninas do Siminina e por Cuiabá. Eles têm experiência e já provaram que sabem fazer, são honestos.

Por isso têm o meu voto de confiança e o meu apoio total!

Comentários no Facebook

Sitevip Internet