Olhar Direto

Segunda-feira, 26 de julho de 2021

Notícias | Política MT

Eleições 2022

Janaina diz que MDB quer Pivetta e não acredita em Cidinho vice: ‘não teria condições de o grupo aceitar’

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Janaina diz que MDB quer Pivetta e não acredita em Cidinho vice: ‘não teria condições de o grupo aceitar’
A deputada estadual Janaina Riva (MDB) afirmou que seu partido, MDB, já convidou duas vezes o vice-governador Otaviano Pivetta (sem partido) para se filiar à sigla. Para ela, ele é o nome mais forte para ser candidato a vice-governador em 2022 na chapa do governador Mauro Mendes (DEM), e não há chances de que o ex-senador Cidinho Santos (PSL) assuma este cargo, como tem se falado nos bastidores.

Leia também:
Cidinho diz que não tem ‘vaidade’, mas admite possibilidade de ser vice de Mauro em 2022

“O próprio governador ainda não admite publicamente a reeleição dele, então as costuras agora são realmente mais internas”, afirmou a deputada na última quarta-feira (16). Segundo a parlamentar, o MDB não tem imposições para escolher um nome no cenário atual, mas quer crescer dentro do quadro do Governo do Estado.

“O que o presidente do partido, deputado Bezerra, fala e eu concordo é que um partido com representatividade de 30% do eleitorado do estado de Mato Grosso tem pouca representatividade no governo, a gente só tem um secretário hoje que é o secretário Silvano na secretaria de Agricultura, então o partido quer mais espaço para contemplar a quantidade que nós temos de filiados e de candidatos. Então isso é importante para o partido crescer, é uma demanda justa, agora, essa imposição por ser um nome do quadro que nós temos não existe. Se o Pivetta vier, por exemplo, a gente se sente contemplado”, defendeu.

Em relação ao cargo de vice, Janaina afirmou que mesmo que Pivetta não queira, ainda há outras possibilidades mais fortes antes de Cidinho. “Não vejo condições disso acontecer [Cidinho sair a vice], acho que o Cidinho é um bom nome, é um bom quadro, mas nesse momento nós temos quadros muito maiores no estado de Mato Grosso que têm condições de pleitear essa vaga, mesmo que o Pivetta não queira ser”, afirmou.

“Temos aí um quadro vasto de nomes que podem ser vice, na minha opinião antes de tudo Pivetta, que pode continuar. Ele nunca me falou que ia ser candidato a senador, eu vejo Pivetta como executivo, então por ser amiga dele entendo que se fosse uma vontade ele já teria se manifestado sobre, então acho que ele deve mesmo permanecer nesse mesmo quadro, o Mauro Mendes e o Pivetta de vice. Depois eu vejo nomes como do Max, como do Botelho, que tem muito mais liderança política hoje do que o nome do próprio Cidinho. Então não desmerecendo ele, mas no cenário atual não teria condições de o grupo aceitar a candidatura dele como vice”, finalizou a deputada.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet