Olhar Direto

Segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Notícias | Política MT

ABSOLUTO CONSENSO

Maluf confirma recuo e Novelli é definido como candidato único à Presidência do TCE-MT

Foto: Danilo Lobato / Secom TCE-MT

Maluf confirma recuo e Novelli é definido como candidato único à Presidência do TCE-MT
Em reunião de colegiado realizada nesta terça-feira (21), o presidente do Tribunal de Contas (TCE-MT), Guilherme Maluf, confirmou recuo do projeto de buscar reeleição. Com isso, em absoluto consenso, os conselheiros definiram que José Carlos Novelli será candidato único à Presidência do órgão para o biênio 2022-2023. Tais articulações foram adiantadas pelo Olhar Direto no domingo (19).

Leia também:
Caso Maluf confirme recuo de reeleição, Novelli pode comandar TCE-MT pela terceira vez

A decisão foi tomada por todos os membros, com participação presencial DE Maluf, Valter Albano, Domingos Neto, Novelli e, de forma virtual, conselheiro Antônio Joaquim.

Antes de tal decisão, Maluf era o único a demonstrar interesse em disputar sua continuidade no comando do TCE-MT. Conforme apurado pela reportagem, o conselheiro teria repensado sua reeleição levando em consideração o fato de ser o mais ‘novo’ dos conselheiros titulares. Ele assumiu a cadeira em fevereiro de 2019 e foi eleito presidente no mesmo ano, quando Novelli, Albano e Antônio Joaquim estavam afastados em decorrência da Operação Malebolge, deflagrada em 2017.

Estou disposto a prestar mais uma vez este serviço ao Tribunal. Agradeço a todos os meus colegas conselheiros que confiaram em mim

"Por unanimidade e de forma harmônica, decidimos que nosso próximo presidente será o conselheiro José Carlos Novelli. Tenho certeza que, com toda sua experiência e sensibilidade conduzirá de forma brilhante este Tribunal, fortalecendo esta instituição que a sociedade tanto precisa", disse Maluf ao encerramento da reunião.

Novelli, por sua vez, agradeceu a confiança dos colegas e destacou o trabalho realizado por Maluf. "Estou disposto a prestar mais uma vez este serviço ao Tribunal. Agradeço a todos os meus colegas conselheiros que confiaram em mim. Que Deus me abençoe abundantemente e me dê sabedoria para que eu possa fazer o trabalho que o Tribunal merece e que a sociedade espera de todos nós".

Novelli completou dizendo que é um momento em que o Tribunal apresenta eficiência e efetividade. "Todos os programas estão sendo implementados com muito sucesso pelo presidente, então, uma das coisas que quero fazer é manter o planejamento estratégico. Quero que muitos dos projetos que ele está implementando, tenham continuidade".

Novelli vai comandar o TCE-MT pela terceira vez desde que foi empossado na Corte de Contas. Na cadeira desde 2001, o indicado pelo ex-governador Dante de Oliveira (falecido), já esteve no cargo nos biênios de 2006/2007 e 2012/2013. Atualmente é supervisor da Escola Superior de Contas.

Apoio dos colegas

De forma virtual, o conselheiro Antônio Joaquim também participou da reunião, elogiou a conduta institucional da gestão e parabenizou Novelli pela coragem e vontade de conduzir a instituição pela terceira vez. "Se não houver consenso entre os componentes do Plenário, a Corte de Contas fica fragilizada. Cumprimento o presidente pela capacidade de agregar e por ter conduzido um processo de consenso na escolha do próximo presidente. Parabéns pela contribuição a nossa instituição". 

No mesmo sentido pronunciou-se o conselheiro Valter Albano. "A instituição precisa de unidade para  consolidar seus propósitos maiores.  Sempre estarei ao lado dos presidentes  para fazer o melhor pelo Tribunal, como tenho feito com nosso ilustre presidente Guilherme e farei, sem nenhuma dúvida, com o futuro".

Campos Neto também parabenizou o colegiado pela escolha e desejou êxito ao futuro presidente . "Ser presidente do Tribunal de Contas não é uma tarefa fácil, exige dedicação. Dou parabéns a todos e desejo sucesso ao conselheiro José Carlos Novelli".

Já o procurador-geral de contas do Ministério Público de Contas (MPC), Alisson Carvalho de Alencar, reforçou que o órgão aprova e está de acordo com a decisão tomada. "Hoje reforçou-se o principal valor deste tribunal: a harmonia. Valorizamos e parabenizamos a condução do processo, desejando uma próspera gestão para os próximos anos.

Equipe de transição

Durante o encontro foi anunciada ainda a criação de uma equipe de transição, liderada pelo consultor jurídico geral do TCE-MT, Grhegory Paiva. A composição dos demais cargos da Mesa Diretora ainda será definida. A eleição será realizada na primeira sessão ordinária do mês de novembro, conforme determina o artigo 12 do Regimento Interno da Corte de Contas.


 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet