Olhar Direto

Sexta-feira, 26 de novembro de 2021

Notícias | Política MT

OLHAR MATERNO

Janaina faz desabafo e lamenta aversão de deputados a conselho: “vejo o desespero das mães de LGBTs”

Foto: JLSiqueira

Janaina faz desabafo e lamenta aversão de deputados a conselho: “vejo o desespero das mães de LGBTs”
Em tom de desabafo, a deputada Janaina Riva (MDB), única mulher entre os 24 parlamentares, usou a tribuna nesta quarta-feira (24) para destacar os desafios que mães enfrentam para educar seus filhos e criticou como algumas pautas são tratadas dentro da Assembleia Legislativa (ALMT). O discurso foi direcionado, especialmente, para o imbróglio gerado em torno do projeto de lei (862/2021) que cria o Conselho Estadual LGBTQIA+.

Leia também:
Comissão presidida por deputado evangélico adia parecer sobre Conselho LGBTQIA+

De acordo com Janaina, ela tem um olhar como mãe em todos os debates que participa dentro do Legislativo. “Não importa o que meu filho seja ou o que ele queira ser, nunca vou abandona-lo; jamais. Sei que aqui também tem muitos homens dignos e não fariam isso, mas tem muitos que fazem, até sem perceber. Não escolhemos como nossos filhos serão”.

“Vejo o desespero das mães de LGBTs, pois vi que o Conselho não será votado e se for, deve ser derrotado. Essas mães são como eu. O que não faria se um dos meus filhos tivesse uma necessidade tão especial?”, completou.

Ainda em sua fala, Janaina buscou sensibilizar os colegas deputados e destacou que a violência sofrida pela população LGBTQIA+ é questão de muita preocupação para as mães.

Parece que há um encaminhamento para ser retirado de pauta e se for não sei se, nesse momento, adianta fazer alguma coisa

“A mãe de um negro, não é igual a mãe de um branco. O filho sai de casa e ela tem que se preocupar se o filho vai voltar, como vai ser abordado pela polícia, pois se ele tiver num carro bom, pode ter certeza que será parado, assim como se estiver numa moto. O LGBT dá mesma forma, quando ele sai de uma boate, como aconteceu recentemente com aquele servidor público que foi assassinado e espancado. Eu me vejo nessas mães”, disse.

“Lamento, pois este é o cenário. Parece que há um encaminhamento para ser retirado de pauta e se for não sei se, nesse momento, adianta fazer alguma coisa, pois não existe uma possibilidade de aprovação, com o cenário atual”, declarou, relembrando o fato de ter ameaçado buscar o Poder Judiciário para que a pauta seja votada.

A parlamentar declarou que mesmo com a eventual reprovação da criação do conselho, a Secretaria de Assistência Social e Cidadania irá programa políticas públicas voltadas a proteção dos direitos deste e de outros grupos em vulnerabilidade.

“A diferença é que sem o conselho ninguém vai ser consultado sobre como esses recursos serão aplicados. A Secretaria de Assistência Social tem recurso específico para promoção da igualdade racial, redução do preconceito, empoderamento feminino”, afirmou.

Mãe de três filhos, Janaina ainda disse que evitar falar sobre tais assuntos só desperta ainda mais a curiosidade dos menores.  “Dentro da minha casa eu falo com meus filhos sobre o assunto e se vocês conversarem com seus filhos, vão ficar chocados com o que eles já conhecem nas escolas, sem ter qualquer informação ou temática dentro das unidades”.

“Orientem, pois a nossa classificação cristã não é com base na nossa orientação sexual. A nossa classificação enquanto cristãos não está encima das nossas escolhas, opções e orientações sexuais”, pontuou.

Conselho

O projeto ainda está na Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Amparo à Criança, Adolescente e Idoso, presidido pelo deputado Sebastião Rezende (PSC), membro da igreja Assembleia de Deus.

O parlamentar, que já havia tentado arquivar o texto antes mesmo da discussão, se comprometeu a votar o parecer da comissão ainda na segunda-feira (22). No entanto, disse que a Secretaria de Assistência Social não apresentou resposta a todos os questionamentos apresentados pela comissão. A expectativa é que tal parecer seja aprovado na sexta-feira (26).
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet