Olhar Direto

Sexta-feira, 01 de julho de 2022

Notícias | Cidades

emocionante

Paciente com câncer realiza sonho e se casa em apartamento de hospital em Cuiabá; veja vídeo

Foto: Assessoria

Paciente com câncer realiza sonho e se casa em apartamento de hospital em Cuiabá; veja vídeo
Paciente paliativa com câncer, Lidiane Gerlach, 41, realizou seu sonho e se casou com Adriene Duarte da Silva, 31, anos, em cerimônia civil realizada dentro de um apartamento no Hospital São Matheus, em Cuiabá, nesta segunda-feira (20). Na terça-feira (21), o casal recebeu as bençãos ministradas por um líder religioso.

Leia mais: 
Idoso de 81 anos passa por cirurgia de implante coclear a se torna paciente mais velho a ser operado 

Lidiane é uma paciente paliativa do setor de oncologia do Hospital São Mateus e está internada há 13 dias. Em sua companhia, Lidiane se dedica para garantir que a esposa tenha momentos de tranquilidade enquanto enfrenta a doença.

A diretora-geral do Hospital, Marilda Venzel, explicou que o São Mateus conta com o Comitê de Experiência do Paciente, que sempre está atento aos anseios e desejos e promove ações para concretizá-los.

Para Marilda, o casamento das duas foi um momento muito especial para os profissionais do hospital, pois acima de tudo, acreditaram no poder da vida e sobretudo na realização de sonhos tão especiais e fundamentais para proporcionar saúde aos pacientes.

O desejo de Lidiane se casar então foi cumprido. E na segunda-feira (20), o hospital realizou o casamento civil, que contou com a presença de um tabelião que esteve no apartamento onde Lidiane está internada. Mas os momentos de emoção não pararam por aí. E na terça-feira (21), elas também receberam a bênção ministrada por um líder religioso, que fez uma celebração Interdenominacional.



Adriene conta que há três anos elas decidiram se casar, mas depois que descobriram a doença, a prioridade passou a ser a saúde da companheira. Para ela, selar a relação com o casamento foi motivo de muita felicidade, mesmo não sendo nas condições esperadas. Agora, ela pretende que sua companheira se recupere o quanto antes para que o casal possa voltar para casa e celebrar com a família.

Ela também reforçou a importância do amor durante o tratamento. “Você se dá por inteiro para a outra pessoa. Eu não me vejo cansada, porque quero ficar o tempo todo com ela. Porque eu sei que todos os momentos são preciosos nesta fase. É nesses momentos que a gente aprende o que é o amor, que é dar sem receber nada em troca e não desistir”.

A psicóloga do Hospital São Mateus, Amanda Meireles de Almeida, que foi uma das responsáveis pela organização do casamento, explica que atender os desejos dos pacientes é importante por fazer parte do cuidado.

“A paciente expôs o desejo de formalizar a união com a companheira, e nós, prontamente, começamos a ajustar tudo para conseguir realizar o sonho dela. Com isso, a internação além do cuidado físico, passa também a ser um momento de acolhimento emocional e espiritual e garante a integralidade do cuidado”, pontuou. 
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet