Olhar Direto

Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Notícias | Política MT

CONVERSA AVANÇANDO

Botelho pede novo encontro para tratar sobre candidatura e fixa prazo até dezembro; Mauro concorda

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Botelho pede novo encontro para tratar sobre candidatura e fixa prazo até dezembro; Mauro concorda
O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Eduardo Botelho (UNIÃO), afirmou que solicitou um novo encontro na agenda do governador Mauro Mendes (UNIÃO) para tratar do imbróglio do União Brasil, sobre quem será o candidato do partido à prefeitura de Cuiabá nas eleições de 2024. A solicitação foi feita na manhã desta terça-feira (31), durante uma reunião entre eles no Palácio Paiaguás, na qual o tema principal foi a viagem de Mendes à China e à Índia. 

Leia também
Interventora aponta erro durante aquisição de xaropes substituídos por suplementos alimentares


Na disputa com o secretário-chefe da Casa Civil, Fábio Garcia, Botelho afirmou que pediu a Mauro que essa definição se dê, no máximo, até dezembro. Segundo ele, o governador concordou.

“Eu estou aguardando o governador. Pedi a ele novamente uma data em sua agenda para conversar sobre isso, mas ele ficou de ver e disse que, se der, vai ligar para mim. Agora, estou aguardando. Ele disse: 'até dia 17, dia 18 estou de volta'", afirmou Botelho. “Então eu vou aguardar”.

“Eu disse para ele agora: não pode passar [do mês de novembro], nós temos que resolver isso porque é uma questão ruim tanto para mim quanto para o Fábio. Inclusive para acomodar os candidatos a vereadores, os possíveis pré-candidatos que querem ser candidatos e também querem se filiar ao partido. Então, por isso, a gente precisa ter essa definição. Até o final deste mês, o mais tardar até dezembro, isso tem que estar resolvido.  Ele concordou que até o final do ano tem que resolver, ou do contrário fica muito ruim para gente”, acrescentou. 

O presidente da Assembleia comentou rapidamente sobre a conversa que teve com Fábio Garcia no último final de semana. Conforme o Olhar Direto já havia adiantado, não houve acordo, ou seja, ninguém admitiu recuar. 

“A conversa foi sem solução. Ele não admite recuar. E eu, pelo patamar que eu estou, também não me permito recuar. E ficou nesse impasse. Nem para lá, nem para cá”, disse. 

 
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet