Olhar Direto

Sábado, 02 de março de 2024

Notícias | Política MT

CONTAS REPROVADAS

Vereadores acreditam que Emanuel possa reverter situação na Câmara e derrubar parecer do TCE

Foto: Max Aguiar/Olhar Direto

Vereadores acreditam que Emanuel possa reverter situação na Câmara e derrubar parecer do TCE
Apesar do parecer pela reprovação das contas, alguns vereadores acreditam que o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), consiga reverter a situação na Câmara Municipal. Com uma base sólida, o prefeito tem conseguido aprovação de todas as matérias, além de se livrar das aberturas de comissões processantes, que poderiam cassar seu mandato.

Leia também
Após declaração de secretário, Botelho reforça que cabe a prefeitos decidirem sobre veto a Carnaval


O vereador Rogério Varanda, do mesmo partido de Emanuel, manifestou que vai acompanhar a manifestação do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT), que sugeriu a reprovação das contas de governo de 2012.

No entanto, ele acredita que, caso o prefeito apareça no Legislativo, pode mudar o posicionamento de alguns colegas.

“Política é a arte de negociar, por isso se chama política, então quem sabe. Se Emanuel vir aqui dentro fazer política ele pode até virar o jogo, mas tem que saber fazer”, disse.

O vice-líder do prefeito, o vereador Luís Cláudio (PP), também vê da mesma forma. “Eu já vi muita coisa acontecer no meio político, até por ser novo, tenho dois mandatos, mas como disse Ulysses Guimarães: política é igual nuvem, um dia está assim, outro dia está assado”, destacou.

O relatório do TCE chegou à Câmara no ano passado, mas só foi lido em plenário, para início de tramitação, na última terça-feira (6). Os vereadores têm o prazo de 60 dias para analisar o documento e colocar o balancete em votação no plenário.

Durante a abertura do início dos trabalhos legislativos, o secretário de Governo, Wilton Coelho, anunciou que o prefeito estaria na Câmara para conversar com os vereadores e apresentar um pacote de projetos.

Parecer

Em dezembro, por maioria, o TCE emitiu parecer pela reprovação das contas de gestão do prefeito no exercício de 2022.  O relator das contas de governo, conselheiro Antonio Joaquim, votou pela reprovação do balancete apresentado pela prefeitura após verificar aumento da dívida consolidada líquida, que está no valor de R$ 1,25 bilhão.

Joaquim comentou que apesar do Município ter cumprido os percentuais constitucionais relacionados à Educação, Saúde, repasses ao Poder Legislativo e gastos com pessoal, o documento apresentado demonstrou uma situação financeira “extremamente preocupante”.
 
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet