Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de abril de 2024

Notícias | Cidades

APITO FINAL

Ex-mulher de líder do CV é presa em operação para desmontar esquema de lavagem de dinheiro; veja outros nomes

02 Abr 2024 - 15:33

Da Redação - Gustavo Castro e Luís Vinicius

Foto: Reprodução

Ex-mulher de líder do CV é presa em operação para desmontar esquema de lavagem de dinheiro; veja outros nomes
O Olhar Direto teve acesso à lista de parte dos presos na operação Apito Final, deflagrada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), nesta terça-feira (2). A ação tem objetivo de desarticular um esquema de lavagem de capitais criado por uma organização criminosa. Entre os alvos, estão advogados e o irmão do suposto tesoureiro do Comando Vermelho, Paulo Vitor Farias Paelo, o 'W.T.'.


Leia mais
Centroavante do 'Amigos W.T.' é um dos alvos de operação para desmontar esquema de lavagem de dinheiro


A esteticista Cristiane Patricia Rosa Lins, 36 anos, ex-esposa de 'W.T.' também foi alvo de prisão e busca e apreensão. Ela foi detida na sua casa, no bairro Jardim Florianópolis, na capital. Com ela, foram apreendidos um celular modelo Iphone 15 Pro Max, 20 folhas de talão de cheque em branco e três notebooks da marca Lenovo.

Como noticiado pela reportagem, Jonas Cândido, advogado de W.T., foi preso em Maceió, Alagoas, para onde ele viajou para prestar assistência jurídica a W.T., que foi detido no último sábado (29), durante um torneio de futebol amador no estado do Nordeste.

Nas redes sociais, o jurista compartilhou, por meio do stories, que estava a trabalho no estado. Ele tinha planos de ser candidato a vereador nas eleições do pleito deste ano, em Cuiabá.

O irmão de W.T., Fagner Paelo, também preso nesta terça-feira, tinha o desejo de iniciar na vida política. Inclusive, a Polícia Civil apreendeu diversos veículos adesivados com o nome do suspeito. 

Os outros alvos foram identificados como:

MARIA APARECIDA COLUNA
MARIA HENRIQUE TAVITO
JAIANE SUELEN
LUIZ FERNANDO DA SILVA OLIVEIRA
EMILLY VITORIA
EMANUELLE ANTONIA
FABIANA MARIA DE CERQUEIRA DOS SANTOS
JONAS CANDIDO DA SILVA
GUEMIEL ALVES DOS REIS
FABIANA FÉLIX DE ARRUDA SOUZA
THASSIANA CRISTINA DE OLIVEIRA
RENAN FREIRE BORMAN
JOVENTINO XAVIER
MAYARA BRUNO SOARES

Em Maceió, além de W.T., também foram presos: Alex Júnior Santos de Alencar, o 'Soldado', Andrew Nickolas Marques dos Santos e Tayrone Junior Fernandes de Souza.

Apito Final

A ação policial é um braço da Operação W.O., deflagrada na última sexta-feira (29), em Maceió (AL), pela Delegacia de Repressão ao Entorpecente (DRE).

Nesta terça, estão sendo cumpridos 25 mandados de prisão e 29 de buscas e apreensão, além da indisponibilidade de 33 imóveis, sequestro de 45 veículos e bloqueio de 25 contas bancárias dos alvos investigados.

A Operação Apito Final foi montada para desarticular um esquema de lavagem de capitais criado por integrantes de uma organização criminosa, em Cuiabá. Os mandados judiciais foram deferidos pelo Núcleo de Inquéritos Policiais da Capital e são cumpridos nas cidades de Cuiabá, Chapada dos Guimarães, São José dos Quatro Marcos e Maceió (AL).

A investigação da GCCO, realizada ao longo de dois anos, apontou que W.T., posto recentemente em liberdade, utilizava diversas pessoas - entre amigos, familiares e advogados que atuam como "laranjas" - para adquirir imóveis, comprar e vender carros e atuar na locação de veículos com o dinheiro das práticas criminosas.

O esquema criminoso investigado pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) faz parte do planejamento operacional da Polícia Civil na identificação e descapitalização do patrimônio adquirido por integrantes de uma facção criminosa com atuação em Mato Grosso.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet