Olhar Direto

Domingo, 21 de abril de 2024

Notícias | Política MT

OBRA NO PORTÃO DO INFERNO

Apesar de frustração, Mauro garante objetivo alcançado e confiança de liberação do Ibama

03 Abr 2024 - 10:52

Da Redação - Airton Marques / De Brasília - Max Aguiar

Foto: Max Aguiar/OD

Apesar de frustração, Mauro garante objetivo alcançado e confiança de liberação do Ibama
Apesar de durante a reunião não ter conseguido disfarçar a frustração diante da não garantia de liberação para o início das obras de retaludamento do Portão do Inferno e novo traçado da MT-251, o governador Mauro Mendes (União) deixou o encontro com o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Rodrigo Agostinho, nesta terça-feira (2), garantindo que o objetivo foi alcançado.


Leia também
Avallone destaca crescimento da bancada do PSDB na Câmara e garante chapa feminina competitiva


A demonstração de confiança de que o órgão não será um empecilho para a solução definitiva dos problemas no Portão do Inferno se deve a sensação de que conseguiu esclarecer pontos técnicos e derrubar qualquer mau entendimento sobre o projeto apresentado para a imprensa local na quinta-feira (28).

“Objetivo foi atingido. Apresentamos ao presidente do Ibama e às diretoras de licenciamento. Esperamos e temos certeza de que eles têm todos os elementos para analisar rapidamente e dar uma resposta positiva, pois essa é a melhor solução sobre o ponto de vista de tempo e de menor impacto ambiental”, afirmou, ao Olhar Direto, em Brasília.

“Ele não teve condições de assumir o compromisso de prazo, mas assumiu compromisso firme de que vai fazer isso o mais rápido possível”, acrescentou.

Mauro avaliou que é normal um pré-julgamento antes de se conhecer o projeto detalhadamente, como foi feito na sede do Ibama.

Durante a reunião, que contou com grande comitiva de políticos de Mato Grosso, Mauro demostrou frustração em dois momentos específicos. Primeiro, quando Agostinho comentou sobre o vídeo que viu com animação feita para demonstrar o que será feito com o paredão no Portão do Inferno; o outro, quando o chefe do Ibama disse que não poderia estabelecer um prazo para a decisão sobre o pedido de liberação.

“Esse fato é comum. Hoje, as pessoas veem superficialmente uma notícia num site, manchete no jornal, já forma uma opinião e sai disparando conclusões. Não sei se foi isso que aconteceu, se assim como outras pessoas viu apenas um vídeo nas redes sociais e formado uma opinião”, disse.

“Apresentei o projeto técnico, mostrei o motivo por uma solução mais abrangente, mas definitiva. Existe um perigo de colapsar aquela estrutura do Portão do Inferno. O que estamos fazendo não é só resolver o problema de desmoronamento de terra da parte superior, mas também o risco de colapso, por isso a rodovia está sendo afastada 10 metros para dentro, cortando o morro e dando solução para todo sempre”, completou.



Agilidade

No encontro, Agostinho prometeu que vai analisar de forma célere o pedido de autorização para obra emergencial no paredão que fica sobre o Portão do Inferno. Disse que é impossível o Ibama liberar o início do projeto sem ter um aval do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que atualmente tem o controle administrativo do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, área que o Portão do Inferno faz parte.

“O que eu posso dizer é que nós vamos fazer uma análise o mais célere possível. A gente tem todo o interesse de resolver, o Ibama vai fazer o seu papel, vai cumprir o seu papel, mas o compromisso que faço com vocês é de tentar uma solução mais rápida possível. Eu não tenho como não consultar o ICMBio, vou encaminhar imediatamente o projeto para o ICMBio, entender para que possamos apresentar aos técnicos”, destacou.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet