Olhar Direto

Quarta-feira, 19 de junho de 2024

Notícias | Cidades

FIM DA CAÇADA

Suspeito de envolvimento na morte de empresário em Shopping Popular é preso com carro clonado

Foto: Reprodução

Suspeito de envolvimento na morte de empresário em Shopping Popular é preso com carro clonado
Um homem de 31 anos foi preso com carro clonado na madrugada de domingo (26), em Rondonópolis (215 km de Cuiabá). Ele ainda é suspeito de envolvimento na morte de um empresário dentro do Shopping Populardo município, em dezembro de 2022. O


Leia mais
Jovem de 22 anos morre após bater motocicleta em poste de iluminação na MT-449


Segundo a Polícia Militar, o suspeito chamou a atenção ao esconder o rosto das câmeras de identificação facial ao entrar e sair do condomínio Melchiades Figueiredo. A atitude levou os agentes a verificarem o carro que ele conduzia, um Nissan Kicks de cor preta, que possuía sinais de clonagem, uma vez que o automóvel com a mesma placa foi flagrada circulando tanto em Rondonópolis quanto no estado do Espírito Santo.

Ao chegarem ao local, os policiais se identificaram e chamaram o indivíduo. No entanto, ele se recusou a abrir a porta e tentou fugir para outro cômodo da casa.Os agentes então arrombaram a porta e detiveram o suspeito.

Durante a abordagem, foi constatado que havia um mandado de prisão em aberto contra o indivíduo pelo crime de homicídio triplamente qualificado e porte ilegal de arma de fogo.

No carro, os policiais não encontraram irregularidades nos sinais de identificação. No entanto, o chassi na parte do motor apresentava espaçamento incomum nos últimos quatro dígitos, sugerindo uma possível adulteração. O veículo foi entregue para a perícia técnica para uma análise mais aprofundada.

As investigações apontaram que a vítima vendia no local cigarros contrabandeados, algo que uma organização criminosa queria controlar na cidade.

A Polícia Civil investiga o caso.

Relembre

Jadson Ralho de Oliveira, 55 anos, foi executado a tiros enquanto trabalhava, no dia 31 de dezembro de 2022, véspera de Réveillon. O filho da vítima assistiu o crime e relatou que dois homens chegaram no local, sendo que um deles apontou uma pistola e realizou os disparos. A dupla conseguiu fugir.

Conforme o boletim de ocorrência, o episódio aconteceu por volta das 17h. Uma equipe foi solicitada e informada que havia um homem morto no box 62 do Shopping Popular. Ao chegar ao local, os militares confirmaram a denúncia. 

Bastante nervoso, um rapaz, que se identificou como filho de Jadson, estava em frente ao corpo e gritando: "mataram o meu pai, mataram o meu pai".

Questionado, ele relatou que um dos suspeitos chegou ao lado da vítima, disse alguma coisa e, em seguida, apontou uma arma e efetuou diversos disparos contra Jadson. Na sequência, saiu correndo, subiu em uma moto e fugiu.

 Câmera de segurança do estabelecimento registrou a ação. 
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet