Olhar Direto

Quarta-feira, 19 de junho de 2024

Notícias | Política MT

APÓS REPERCUSSÃO

Mauro Mendes desiste do projeto de instalar ar-condicionado em presídios: 'foi abortado'

10 Jun 2024 - 10:15

Da Redação - Rafael Machado/ Do Local - Max Aguiar

Foto: Max Aguiar/Olhar Direto

Mauro Mendes desiste do projeto de instalar ar-condicionado em presídios: 'foi abortado'
O governador Mauro Mendes (União) desistiu da ideia de instalar aparelhos de ar-condicionado em celas dos presídios como uma forma de estimular presos a procurarem uma ocupação nas unidades penitenciárias.


Leia também
Nomes citados por Botelho para vice têm simpatia de grupo; Janaina espera que mulher seja escolhida


“Sem comentários. Já falei que não, pronto acabou. [A ideia] mudou lá atrás. A gente não tem... isso aí já está abortado faz tempo”, destacou.

A ideia agradou alguns, especialmente especialistas, que identificaram um incentivo à ressocialização nas cadeias, mas também provocou rejeição em parte da população. Ao Olhar Direto, o governador não quis entrar em detalhes sobre os motivos que levaram a desistir do projeto, mas ressaltou que a decisão foi tomada há algum tempo.

Um dos que se posicionaram contra ao projeto foi o deputado federal Coronel Assis, do mesmo partido que o governador, que comentou que o preso que exerce atividade na prisão ganha muitos benefícios e garantir mais uma regalia passaria uma imagem negativa para a população.

Por outro lado, autoridades como o desembargador Orlando Perri, classificou a medida como "brilhante" por estabelecer meritocracia no sistema prisional. De acordo com a ideia original, só detentos que trabalhassem teriam direito a dormir em celas climatizadas. 

No início do ano, Mauro apresentou a proposta comentando que um detento custa aos cofres públicos mais de R$ 4 mil por mês e que a medida seria uma forma para que esses presidiários produzam e paguem pelas estadias nas penitenciárias.

Mendes afirmou que os aparelhos não iam servir como benesses às pessoas que cumprem pena em Mato Grosso. A intenção estimular que eles passassem a dar “resultados”, enquanto estão detidos. “Quem estimular, dar resultado lá dentro, vai ter uma condição melhor até para ficar enquanto tiver cumprido a pena”, disse na época.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet