Olhar Direto

Quarta-feira, 10 de agosto de 2022

Notícias | Picante

Vendas à vontade

Após a denúncia  que terras de assentados estavam sendo oferecidas pela internet, o presidente do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), Rolf Hackbart, afirmou que o instituto está intensificando a fiscalização sobre as terras vendidas ilegalmente dentro de assentamentos da reforma agrária. Hackbart disse que a fiscalização é feita regularmente, mas foi reforçada depois de reportagens veiculadas pela TV mostrar as vendas. Pela lei, os assentados da reforma agrária só podem vender seus terrenos dez anos depois de recebê-los. Na prática, contudo, o comércio ilegal de terras de reforma agrária é uma prática comum em Mato Grosso.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Mais Picantes

Sitevip Internet
x