Olhar Direto

Domingo, 26 de junho de 2022

Notícias | Cidades

Criminalidade

Bandidos enfrentam altura, escalam e invadem 12 apartamentos na capital

Foto: Reprodução

Ladrões escalam muros e entram por janelas e varandas.

Ladrões escalam muros e entram por janelas e varandas.

 Os casos de apartamentos invadidos por assaltantes nos últimos dias têm preocupado moradores de condomínios verticais na capital. Nas ocorrências, que chegam a 12 só nos últimos dias, o assaltante consegue escalar muros e sacadas e invadir os imóveis pelas janelas e sacadas. Câmeras de segurança de alguns dos prédios chegaram a registrar um homem se equilibrando em dos muros. A situação tem se repedido principalmente nos bairros Araés, Lixeira, Consil e Bosque da Saúde.

Leia mais:
Corpo de mulher desaparecida há 55 dias é encontrado às margens de rodovia 


À equipe da TV Centro América,  as vítimas relataram que acordaram de madrugada e se depararam com o ladrão ao lado da cama, recolhendo objetos de valor e celular. O assaltante consegue escalar muros e sacadas e invadir os apartamentos através das janelas e das próprias sacadas. Em outros casos, o assaltante entra apenas na sala do apartamento e leva o que consegue. Imagens de segurança de alguns dos prédios que registraram esse tipo de assalto conseguiram registrar um homem se equilibrando no muro do prédio.
 
Assustados, os moradores criaram grupos na internet e em redes sociais pra divulgar os casos e alguns até colocaram cadeado e correntes na sacada e nas janelas dos apartamentos.
 
Uma das vítimas, que não quis se identificar, relata os segundos de pânico ao acordar e se deparar com o assaltante bem perto dela, ao lado da cama onde dormia. “Eu senti frio, fui cobrir de volta e me deparei com o ladrão do meu lado da cama. Eu percebi que era um ladrão porque a luz de fora tava entrando no meu quarto e eu me lembrava que tinha fechado a janela antes de dormir", lembrou.
 
Ela conta ainda que, por medo, fingiu estar dormindo para ver o aconteceria a seguir. "Como ele já tinha pegado meu celular, ali do meu lado da cama, e ele deu a volta, iluminou o quarto com o meu celular, e deu a volta para pegar os celulares do meu marido, do outro lado do quarto”, explicou a vítima.
 
Embora o fato de morar em um prédio sempre tenha lhe dado uma sensação de segurança, a mulher afirma o quanto a experiência de encontrar o ladrão a apavorou. “Eu fingi que tava acordando de novo, ele assustou, aí ele voltou e saiu pela janela, a mesma janela que entrou”, finalizou.
 
A presença de porteiro, cerca elétrica ou muros não intimida os assaltantes. Em um dos apartamentos assaltados, são mais de 10 metros de altura, cerca elétrica e um muro. Porém, o ladrão foi capaz de entrar no segundo andar do prédio.
 
"A pessoa [assaltante] só entrou na sala e pegou o celular e o dinheiro que tava na bolsa...Ele não respeita cerca, muro, nada. Não tem medo. Vai subindo, escala e entra nos apartamentos assim como o homem-aranha, né?", brincou outra moradora que foi assaltada.
 
De janeiro a março deste ano foram mais de 6 mil roubos e furtos de todos os tipos em Cuiabá.

 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet