Olhar Direto

Terça-feira, 28 de março de 2017

Notícias / Esportes

Em reconstrução após tragédia, Chapecoense empresta dois jogadores do Luverdense

Da Redação - Wesley Santiago

05 Jan 2017 - 11:35

Foto: Reprodução

Em reconstrução após tragédia, Chapecoense empresta dois jogadores do Luverdense
O Luverdense emprestou dois dos seus jogadores para a Chapecoense. O zagueiro Luiz Otávio e o meia-atacante Osman se apresentam nesta quinta-feira (05) para realizarem exames médicos e definirem os trâmites burocráticos para assinatura de contrato. A dupla, que se destacou no ano passado, será emprestada por uma temporada. Por conta disto, o contrato dos dois foi ampliado até maio de 2019.

Leia mais:
Ex-Luverdense que sobreviveu a tragédia com time da Chapecoense é transferido para o Brasil
 
“Foi um pedido do Rui Costa (diretor de futebol) que me ligou e falou das dificuldades que o time está passando. Fiquei comovido e estamos emprestando dois jogadores que são titulares do Luverdense. Nossa intenção era manter todos do grupo, mas nesse momento queremos ajudar. Eles renovaram conosco e ficam lá por um ano. Que possam ser felizes e contribuir nessa reconstrução”, disse o presidente do Luverdense, Helmute Lawisch, ao Globo Esporte.
 
Osman foi um dos destaques da conquista do América-MG no Campeonato Estadual, com cinco gols marcados. Já no Brasileirão, o jovem de 24 anos balançou as redes apenas duas vezes na campanha do rebaixamento. Ao todo, foram 45 jogos e oito gols em 2016. De volta ao Luverdense, era visto como aposta para os cofres do clube, mas acabou cedido para Chape.  
 
Luiz Otávio também tem 24 anos e trabalha com o mesmo empresário de Osman: Luciano Couto. Revelado pelo Bonsucesso, do Rio de Janeiro, se transferiu para o Luverdense em 2015 e logo alcançou status de titular. Em 2015, foram 25 partidas na Série B e um gol marcado. No ano passado, ele também marcou um gol e participou de 20 jogos.
 
O acidente
 
O voo que tranportava a equipe da Chapecoense partiu na noite de segunda-feira de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, em direção a Medellín. Segundo a imprensa local, a aeronave perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (local, 1h15 de Brasília), entre as cidades de La Ceja e Abejorral, e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín. Ao todo, 71 pessoas morreram.
 
Dentre os sobreviventes está o lateral Alan Ruschel, que é natural de Nova Hartz (RS) e atuou pelo time mato-grossense em 2011, quando foi emprestado pelo Juventude. Ele foi encaminhado em estado de choque para o hospital e perguntava a todo tempo por sua família e pedindo que guardassem sua aliança de casamento.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet