Olhar Direto

Quarta-feira, 29 de março de 2017

Notícias / Política MT

Entidades sindicais espalham 48 outdoors para pressionar bancada de MT contra Reforma da Previdência

Da Redação - Jardel P. Arruda

20 Mar 2017 - 16:20

Entidades sindicais espalham 48 outdoors para pressionar bancada de MT contra Reforma da Previdência
Entidades sindicais de Mato Grosso se uniram para espalhar 48 outdoors em Mato Grosso para pedir que a população pressione a bancada federal do Estado a votar contra a Reforma da Previdência Social, a Proposta de Emenda Constitucional 287/2016. As peças foram instaladas na madrugada desta segunda-feira (20) em Cuiabá e Várzea Grande, e vão ser instalada na terça-feira (21) no interior.

Leia mais:
Deputados federais de MT defendem alterações na reforma da previdência

“Foram instalados 20 outdoors em Cuiabá e Várzea Grande. Outros 28 serão espalhados pelo interior. Trata-se de um convite a população para fazer uma reflexão. Estamos divulgando quem tem o poder de voto nesse assunto tão importante para o trabalhador”, afirmou Oscarlino Alves, presidente do Sisma-MT.

A ação reúne centrais sindicais e o Fórum Sindical de MT. Os municípios escolhidos para receber os outdoors foram Cuiabá; Várzea Grande; Rondonópolis; Tangará da Serra; Diamantino; Cáceres; Barra do Garças; Água Boa; Sorriso ; Sinop; Alta Floresta e Pontes e Lacerda.

De acordo com Oscarlino, a PEC 287 trata-se de um “pacote de maldades e atrocidades” contra o trabalhador. Os outdoors são a terceira ação de entidades sindicais em Mato Grosso contra a reforma.

A primeira foi a presença maciça em um audiência pública convocada pelo deputado estadual Valdir Barranco (PT) para discutir o tema, no dia 10. A segunda foi uma manifestação pelas principais ruas de Cuiabá, no dia 15. “Vamos preparar novas ações contra esse ataque ao direito dos trabalhadores”, ratificou Oscarlino.

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Zé Guaporé
    21 Mar 2017 às 09:31

    O que esse Valdir Barranco e muita gente está querendo dar pitaco na reforma da previdência, isso tudo aconteceu por que votaram na Dilma e no Lula! Antes nunca houve nada disso, desde que a previdência por criada na década de 1940, de quem sempre foi aliado. Outra coisa, quem votou na Dilma, votou no Temer! Não sei o que estão reclamando.

  • angelo belem neto
    21 Mar 2017 às 09:29

    A cambada do lula é profissional em afundar o país. Só erguem a corja deles.

  • Pedro Leopoldo
    21 Mar 2017 às 08:49

    Lula 2018, unica maneira possível de reerguer o brasil novamente!

  • Claison
    21 Mar 2017 às 08:10

    Que venha a REFORMA DA PREVIDÊNCIA, o Brasil precisa de muitas mudanças, do jeito que esta não pode ficar.

  • Christian
    20 Mar 2017 às 22:23

    Tem que acabar com o imposto sindical obrigatório...

  • mato grosso
    20 Mar 2017 às 18:46

    Muito bom!!! É só parar de "desviar" verba, colocar os corruptos na cadeia, que sobra dinheiro! Brasil é rico, o mal são os grandes ladrões e não os aposentados!

  • Marcos
    20 Mar 2017 às 18:22

    Só para o informar que ao término dá votação provavelmente terá outros outdor informando como votou nossas "autoridadess"

Sitevip Internet