Olhar Direto

Quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Notícias / Política MT

Taques se reúne com deputados em almoço e deve enviar reformas à Assembleia na proxima quarta

Da Reportagem Local - Ronaldo Pacheco/ Da Redação - Érika Oliveira

08 Mai 2017 - 17:00

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Taques se reúne com deputados em almoço e deve enviar reformas à Assembleia na proxima quarta
Conforme havia prometido o secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Zamar Taques, na semana passada, o Governo do Estado vai encaminhar nesta quarta-feira (10) os projetos que tratam da PEC do teto, PEC dos Poderes, e da Reforma Tributária, para serem analisadas pelos deputados estaduais. O envio do texto da Reforma Previdenciária permanece sem data marcada.

O anúncio foi feito, informalmente, pelo governador Pedro Taques (PSDB) nesta segunda-feira (08). Ao Olhar Direto, Taques disse que deixará para dar detalhes sobre os projetos depois de conversar com a base, em um encontro previsto para esta terça-feira (09).

Leia mais:
Botelho se reúne com Taques e secretário promete envio de reformas na próxima semana

De acordo com o líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Dilmar Dal’Bosco (DEM), pelo menos 20 deputados deverão almoçar com o governador. Durante o encontro, eles ficarão a par dos projetos que serão encaminhados para a Casa de Leis.

Somente os deputados de oposição, Janaina Riva (PMDB), Zeca Viana (PDT), Allan Kardec e Valdir Barranco, ambos do PT, não participarão da reunião.

“A base está unida, se preciso votar matérias - que eu não trato como impopular, mas como sobrevivência para o Estado -  nós temos que ter a consciência de que neste momento é importante para o Brasil fazer uma reflexão sobre seu fluxo de caixa e nós estamos preocupados”, assegurou o democrata.

10 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Janay Soares
    10 Mai 2017 às 00:24

    a questão é que a crise tem complicado o nosso governo e também temos todos os furos do governo passado.

  • marcela
    10 Mai 2017 às 00:19

    o país passa por uma grande crise, não é mais uma questão estadual.

  • solange nunes
    09 Mai 2017 às 20:52

    eu nao vejo RGA como prioridade e sim a segurança,saude e educacao.

  • manoel silva
    09 Mai 2017 às 20:51

    taques é um governador que sabe dialogar ,e por isso vem transformando o estado acredito que o RGA pode esperar um pouco o que nao pode parar é mato grosso que voltou a crescer com Pedro Taques no governo o que o PMDB nao foi capaz.

  • Xeila
    09 Mai 2017 às 18:42

    Isso aí governado! Vamos apertar o cinto, porquê só servidor que ganha dinheiro fácil. ...

  • Camila Caroline
    09 Mai 2017 às 18:41

    Taques é o único governador que o estado que jogou limpo com todas as classes, deixando claro o que pode ou não ser feito. A economia está acabada e isso é uma das heranças do governo anterior, que muito se vê servidor elogiando pelo pagamento do tal RGA mas fazem questão de esquecerem que esse é o mesmo mandato que quase faliu Mato Grosso. Servidores tem o costume de apenas pensarem no próprio umbigo, é sim a classe mais egoísta.

  • Karol
    09 Mai 2017 às 14:05

    Taques está com um estado de crise caótica nas mãos, herdado do governo anterior, e vem desempenhando papel de mágico para solucionar os problemas e investir nas devidas áreas, infelizmente nem tudo é possível no atual momento.

  • joaoderondonopolis
    09 Mai 2017 às 07:14

    Se preparem professores da rede estadual, pelo visto não vem coisas boas. É a única categoria em que ele deita e rola. Dizem que a ALLMT é uma extensão do Paiaguás.

  • Nilza
    08 Mai 2017 às 18:27

    SENHORES DEPUTADOS E GOVERNADOR TAQUES, MATO-GROSSO É UM ESTADO PUJANTE TEM DE REALIZAR A REFORMA TRIBUTÁRIA PARA FAZER AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS PARA RESOLVER O FLUXO DE CAIXA, MAIS NÃO VENHA PREJUDICAR OS APOSENTADOS E SERVIDORES DO EXECUTIVO COM CONGELAMENTOS DE SALÁRIOS E AUMENTO DA PREVIDÊNCIA EM 14% POR CAUSA DOS ROMBOS DOS GOVERNOS CORRUPTOS E AINDA MAIS AS LEIS DE CARREIRAS E A RGA NÃO TEM NADA A VER COM ATUAL CRISE NAS CONTAS DO ESTADO E SIM OS ESCÂNDALOS COMO DOS MAQUINÁRIOS DA COPA DO MUNDO E A MAIS RECENTE A DA SEDUC E TANTOS OUTROS ESCÂNDALOS.

  • Servidor Público Estadual
    08 Mai 2017 às 18:19

    GREVE GERAL GREVE GERAL GREVE GERAL GREVE GERAL

Sitevip Internet