Olhar Direto

Terça-feira, 24 de outubro de 2017

Notícias / Política MT

Prefeitura afirma que filha de Justino Malheiros faz parte do quadro desde gestão passada e está grávida

Da Redação - Jardel P. Arruda

14 Jun 2017 - 11:12

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Prefeitura afirma que filha de Justino Malheiros faz parte do quadro desde gestão passada e está grávida
A Prefeitura de Cuiabá, através do secretário municipal de inovação e Comunicação, José Roberto Amador,  nega que haja nepotismo cruzado no caso da contratação de Carmem Carolinne de Almeida Malheiros Zandonato, filha do presidente da Câmara de Vereadore, Justino Malheiros (PV). De acordo com Bebeto, ela já fazia parte do quadro da administração municipal e não pode ser exonerado por estar grávida.

Leia mais:
Emanuel Pinheiro admite não saber de nepotismo e fala em "conversar" com secretários

“Ela trabalhava na gestão passada e foi exonerada de forma equivocada porque ela está grávida. Então ela foi recontratada, só não sei dizer detalhes dessa recontratação. A procuradoria do município vai tomar pé da situação e enviar ao Ministério Público. A gestão é pautada na legalidade e moralidade. É nosso interesse fazer esses esclarecimentos”, afirmou o secretário.

O promotor de Justiça Roberto Turin, do Ministério Público Estadual (MP), investiga se existe alguma favorecimento na contratação de Carmem, em troca de favores políticos. Ela ocupa um cargo DAS 3 e recebe um salário de R$ 3,9 mil.

No começo do ano, o mesmo promotor já havia investigado a nomeação de Júlio Malheiros, que é irmão de Justino Malheiros, como secretário adjunto de Obras Públicas da Prefeitura de Cuiabá. A suposta contrapartida teria sido a nomeação de Bárbara Helena de Noronha Pinheiro, cunhada de Emanuel Pinheiro, na Câmara.

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • jOAQUIM
    14 Jun 2017 às 16:12

    O Diretor de planejamento e orçamento é genro do Justino ( detalhe ele é o marido dessa servidora) , o Irmão do Justino é secretario adjunto de Obras. Acho que colocou a familia inteira na Prefeitura. TCE, MP pode isso????????????

  • Justina
    14 Jun 2017 às 14:11

    Acredito que o jornal "informativo" olhar direto deva procurar e saber melhor se informar e "informar" com clareza e honestidade. Cuidado com as informações que estão sendo obtidas de bocas aleatórias. Erros na prefeitura como mandar alguém gestante, infelizmente acontece. Favoritismo seria colocar a garota e ela não estar trabalhando! O que não parece ser o caso!

  • por justiça
    14 Jun 2017 às 14:07

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Gleice Amorim
    14 Jun 2017 às 12:59

    MP ou quem quer q seja, de uma olhada lá na ALMT também. Tem irmão de Deputado que é Secretário do Legislativo. Ou será que a nível estadual pode??? Ninguém fala nada, ninguém vê, será porque???

  • Pagadora de Impostos
    14 Jun 2017 às 12:11

    Agora com as leis de transparência o MP e o povo terão muito mais facilidade para fiscalizar os desvios em geral, avanço na transparência, e ainda tem prefeituras e gestores querendo fugir da regra, o povo precisa ficar atento.

Sitevip Internet