Olhar Direto

Terça-feira, 25 de julho de 2017

Notícias / Política MT

Leitão diz que provas contra Lula são cabais, Jayme defende prudência em condenação

Da Reportagem Local - Jardel P. Arruda / Da Redação - Érika Oliveira

13 Jul 2017 - 17:52

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Leitão diz que provas contra Lula são cabais, Jayme defende prudência em condenação
Dois dos principais nomes da política mato-grossense, o deputado federal Nilson Leitão (PSDB) e o secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande, ex-senador Jayme Campos (DEM), se manifestaram sobre a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Líderes de seus respectivos partidos, Leitão considerou as provas contra Lula incontestáveis, já o democrata disse que ninguém deve ser condenado por antecipação e afirmou que muita água ainda vai rolar debaixo desta ponte.

Leia mais:
Taques classifica condenação de Lula como "marco na história do Brasil"

“Eu avalio que as instituições estão funcionando e tem que fazer aquilo que todo mundo já aguardava. As provas são cabais, nenhum brasileiro em sã consciência, que viu tudo, todas as provas, vai dizer que o apartamento não é dele, que o sítio não é dele. É conversa pra boi dormir, o Moro entendeu, deu a sentença”, considerou Nilson Leitão.

“Tudo é possível, entretanto, a condenação dele foi de primeira instância. Ele tem o direito de recorrer pelo TRF, que é a instância superior. E quero crer que ninguém pode ser condenado por antecipação. Eu acho que da forma que está, o que se desenha, é de que o prazo para expirar estes recursos dele vai muito tempo, um julgamento na segunda instância do TRF é de no mínimo, se tudo correr bem, 10 ou 12 meses”, avaliou Jayme Campos.

A condenação de Lula integra o processo em que o petista foi acusado pela força-tarefa da Lava-Jato de receber propina da OAS, uma das empreiteiras do chamado clube do bilhão, que se refestelou nos últimos anos com contratos bilionários na Petrobras.

Entre as vantagens recebidas por Lula, segundo a acusação, está um apartamento tríplex no balneário do Guarujá, em São Paulo.

Assim como o governador Pedro Taques (PSDB), que é de seu partido, Leitão considerou a condenação de Lula um “marco” na história da política do Brasil. É a primeira vez que um ex-presidente do Brasil é condenado por corrupção.

Para o deputado, o que pesa neste caso é a alta popularidade do ex-presidente. Neste ponto, Jayme Campos concorda com Leitão, e conclui que ao invés de sair prejudicado, Lula pode sair ainda maior com relação a opinião pública.

“É um marco, é o primeiro da história, então é claro que isto pesa, nem Color foi condenado, nem Sarney foi condenado, ele é o primeiro. Falou muito, mentiu muito, enganou muito, chega uma hora que tem que vir às claras, né?! A diferença é que ele é ex-presidente e tinha uma popularidade enorme, hoje ele tem 50% da população que nega ele e tem 50% que às vezes aprova”, disse Leitão.

“Eu acho que ainda tem muita água para correr debaixo da ponte, em função de todas as acusações, de todos os escândalos que continuam surgindo a cada dia. Tudo isso nós temos que aguardar para que no ano que vem, de fato, nós saibamos quem será candidato, seja de oposição, seja de situação, seja de esquerda, centro de esquerda...”, concluiu Jayme Campos.

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Lia
    14 Jul 2017 às 09:43

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • tito lampreia
    14 Jul 2017 às 07:22

    Pesquisa aponta que esse sr. não vai se reeleger mais! Suas manobras em desfavor dos menos assistidos é latente. Golpista sofreram nas urnas o caos que causaram a toda nação.

  • Jair
    14 Jul 2017 às 06:31

    esse nilso leitao e o aecio no mato grosso aguardr seu dia vai chegar nao esqueceremos do que voce fez com os trabalhadores carlos bezerra vamos lembrar de vc tbm e do garcia estou ancioso que chegue logo as eleicao 2018 pra dar um.basta nesses politico que se passa por honesto

  • luiz
    14 Jul 2017 às 05:39

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Monteiro
    13 Jul 2017 às 22:02

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Leitão não é filhote de porco?
    13 Jul 2017 às 21:59

    Esse Nilson Leitão não é aquele que inventou uma lei que era parecida com a lei da escravidão que até foi criticada pelo Fernando Henrique um dia desses?

  • Silvio Lopes
    13 Jul 2017 às 19:56

    QUEM É LEITÃO PRA FALAR DO LULA,ELE TEM QUE FALAR PORQUE NÃO PRENDERAM O AECIO.

Sitevip Internet