Olhar Conceito

Sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Notícias / Perfil

Dona Nympha chega ao 105º aniversário hospitalizada e lutando pela vida

Da Redação - Lucas Bólico

01 Nov 2016 - 15:46

Foto: Arquivo Pessoal

Imagem de Dona Nympha no seu último aniversário

Imagem de Dona Nympha no seu último aniversário

A cuiabana Nympha Escolástiva da Silva completa 105 anos nesta terça-feira (1), mas a festa, planejada há meses, teve de tomar um rumo indesejado. Foi hospitalizada há cerca de 15 dias. Está inconsciente.

Leia também:
Centenária, Nympha relembra ‘velha Cuiabá’ e conta segredo da vitalidade
Amigas há 78 anos, centenárias se emocionam durante o reencontro

Segundo a família, dona Nympha está lutando bravamente pela vida. Mãe de cinco, avó de 20, bisa de 25 e tataravó de três, a cuiabana centenária teve como homenagem seu nome dado para a primeira neta. Em entrevista ao Olhar Conceito, Nympha Castrillo, 53, conta que a família se reunirá no hospital para celebrar a vida da matriarca.



“Se eu tivesse que definir a minha avó seria alegria e vontade de viver”, resume. Ela lembra que a idosa sempre gostou de comemorar aniversários e iniciava os planos por volta do mês de julho e saia convidando todo mundo para celebrar o primeiro de novembro. “Não sabíamos pra quantas pessoas seria a festa”.

Em 2016 a expectativa não foi diferente. Dona Nympha Escolástiva já havia definido até mesmo que vestido usar. Em respeito à vontade da matriarca, a peça de roupa escolhida é a que lhe veste na data de hoje, com as adaptações impostas pela atual condição. “Precisamos cortar o vestido porque ela está hospitalizada, mas ela está usando”, conta.

Filhos, netos, bisnetos e tataranetos cantarão parabéns a Nympha. Até os que moram longe vieram. “Ela está numa guerra [pela vida], você vê que ela está lutando”, conta a primeira neta. “O mais marcante nela, para mim, é a alegria de viver, muito bondosa, por onde passava não tinha como não chamar a atenção”, diz.



Histórico

Dona Nympha é velha conhecida do Olhar Direto. Virou tema de matéria quando completou seu centenário. Na ocasião, contou que o segredo de sua vitalidade estava no garfo. “Me alimento muito bem, tomo guaraná. Minha pressão é ótima e nunca tomo remédio para o coração”, disse. Também relatou sua vitalidade, aos 100 caminhava apenas com a ajuda de uma bengala e não usava óculos para ler ou escrever.

Em outra oportunidade, virou matéria ao se reencontrar com uma antiga amiga, Hermínia Infantino Coutinho, mais conhecida como dona Zilza, hoje com 97 anos, e avó do jornalista Marcos Coutinho, editor-executivo do Olhar Direto, falecido em 2013. A reportagem foi publicada em novembro de 2011, quando somavam 78 anos de amizade.


Dona Zilza à esquerda e dona Nympha à direira. (Arquivo Olhar Direto)

Quando se conheceram, Nympha tinha 22 anos e Zilza 14. O encontro foi por conta de um curso de costura que ambas faziam aqui em Cuiabá. Nympha veio de Santo Antônio de Leverger para aprender o ofício e acabou amiga de Zilza. A matriarca dos Coutinho continua viva.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet