Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Notícias / Esportes

Corinthians e Santos atacam para consolidar boa fase

Gazeta Esportiva

22 Mar 2009 - 07:37

Entre os quatro melhores times do Campeonato Paulista, Corinthians e Santos encaram o clássico de hoje, às 15 horas (de Cuiabá), no Pacaembu, como uma oportunidade para consolidar o bom momento no início da temporada. E prometem ir ao ataque para avançar também na tabela de classificação.

No mesmo dia em que cogitou escalar uma equipe "extremamente ofensiva" contra o Santos (diante de São Paulo e Palmeiras, o Corinthians jogou com três zagueiros), o técnico Mano Menezes demonstrou irritação com o fato de jamais ter vencido um clássico pelo time do Parque São Jorge. Foram duas derrotas e três empates.

Uma vitória sobre um arquirrival tornaria irrefutáveis os números apresentados por Mano Menezes para enaltecer o começo de ano do Corinthians - o melhor desde 1936. O treinador chega a contabilizar um triunfo sobre a Portuguesa em 2008 para contestar seu tabu em clássicos. "Mas nossos rivais também não nos venceram neste ano. Já ganhei alguns clássicos e não preciso dessa preocupação. Você olha para a trajetória de um profissional e sabe se ele é competente ou não", exaltou-se.

Pelo Santos, o técnico Vágner Mancini alcançou a primeira vitória em clássicos logo em sua estreia na Vila Belmiro, 1 a 0 sobre o São Paulo. O treinador chegou ao clube para substituir o irregular Márcio Fernandes e segue invicto até então, mas sabe que derrotar o Corinthians fora de casa embalará definitivamente seus jogadores. Até porque alcançarão os mesmos 30 pontos do vice-líder na tabela. "É um teste", definiu o comandante.

Também será assim para os principais astros de Corinthians e Santos. O veterano Ronaldo poderá participar pela primeira vez de uma partida inteira desde que voltou a jogar, segundo Mano Menezes. Já o novato Neymar fará a sua estreia em clássicos com o arquirrival. Os dois jogadores centralizaram as atenções às vésperas da partida deste domingo.

Responsáveis por fazer a bola chegar a Ronaldo e a Neymar, respectivamente, os meias Douglas e Lúcio Flávio também farão confronto particular. Ambos iniciaram mal a temporada, porém contam com a confiança de seus companheiros para resgatar o desempenho de anos anteriores. Nada melhor do que uma boa apresentação no Pacaembu para se reabilitar.

Resta saber se Douglas e Lúcio Flávio estarão em campo. Mano Menezes e Vágner Mancini comandaram treinamentos secretos na sexta-feira, mas sinalizaram com a possibilidade de escalar três atacantes em suas equipes: Jorge Henrique, Ronaldo e Dentinho pelo Corinthians; Neymar, Roni e Kléber Pereira no Santos. "O Corinthians está invicto e merece o nosso respeito, mas vamos brigar pela classificação", bradou Kléber, que retornou à equipe na vitória sobre o Rio Branco-AC, pela Copa do Brasil.

No Corinthians, seguem como dúvidas o meia Elias e o zagueiro Chicão, ambos machucados. Fabinho e o jovem Diego são os substitutos imediatos. Já o Santos terá o retorno de Rodrigo Souto à contenção do seu meio-campo. 

FICHA TÉCNICA
 
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 22 de março de 2009, domingo
Horário: 15 horas (de Cuiabá)
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra
Assistentes: Rogério Gomes da Silva e Luiz Antônio Corrêa

CORINTHIANS: Felipe; Alessandro, William, Diego e André Santos; Cristian, Fabinho (Elias), Boquita e Douglas; Dentinho e Ronaldo
Técnico: Mano Menezes

SANTOS: Fábio Costa; Luizinho, Fabão, Fabiano Eller e Triguinho; Germano, Rodrigo Souto e Lúcio Flávio; Roni, Kléber Pereira e Neymar
Técnico: Vágner Mancini
Sitevip Internet