Olhar Direto

Terça-feira, 20 de agosto de 2019

Notícias / Carros & Motos

Novo presidente está disposto a declarar quebra da GM

G1

05 Abr 2009 - 22:00

A General Motors (GM) está preparada para uma declaração de quebra, se for necessário, mas sairá com novo vigor de sua crise, disse neste domingo (5) o novo presidente da companhia, apoiado pelo governo, Fritz Henderson.



"Preferimos fazer isto sem recorrer ao processo de quebra", disse Henderson ao canal NBC, no momento em que o primeiro fabricante americano de carros aplica uma dolorosa reestruturação com o apoio financeiro do governo.



"Mas seria prudente assegurar que estamos planejando (uma quebra sob controle judicial), se precisar recorrer a isso", afirmou.



A GM cortou 400 mil empregos no ano passado e perdeu bilhões de dólares. A empresa recebeu US$ 13,4 bilhões em dezembro do governo e solicitou mais US$ 16 bilhões de ajuda.



O secretário do Tesouro, Timothy Geithner, disse que o governo de Barack Obama contempla todas as alternativas para a GM após a substituição semana passada de Rick Wagoner por Henderson por ordem da Casa Branca.

Henderson indicou que também existia a perspectiva de novas demissões e fechamento de fábricas, em momentos em que a GM luta por sobreviver e antecipa que no futuro só fabricará quatro marcas principais.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet