Olhar Direto

Sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Notícias / Esportes

Por ouro, Marta aconselha Neymar a dividir responsabilidades

Gazeta Esportiva via Terra

19 Jul 2016 - 17:35

A pressão de conquistar a inédita medalha de ouro do futebol feminino já é conhecida de Marta. Eleita cinco vezes pela Fifa como a melhor jogadora do mundo, ela disputará no Rio de Janeiro a sua quarta Olimpíada pela Seleção Brasileira. Veterana aos 30 anos, a atleta crê que tem muito a ensinar não só para as colegas de equipe, mas também para Neymar e os jovens que tentarão buscar o primeiro lugar no torneio masculino.

Em entrevista coletiva nesta terça-feira, Marta sugeriu que o atacante do Barcelona se espelhe na forma como o time feminino tem trabalhado e divida as responsabilidades com os outros atletas que integrarão a Seleção olímpica. A jogadora entende que o excesso de holofotes em cima de um único nome poderá atrapalhar o trabalho da equipe no Rio de Janeiro.

"Todos depositam a maior confiança no Neymar. Ele é a nossa esperança de medalha e existe o pensamento de que poderá conduzir os outros jogadores à conquista", afirmou Marta. "Mas é importante mostrar que a responsabilidade não está só em um atleta. Tento passar e dividir isso com as meninas no dia a dia. Creio que o Neymar sabe dessa oportunidade e espero que faça da mesma maneira, porque é uma coisa muito pesada para se carregar sozinho. Jogamos um esporte coletivo. E o coletivo deve vir antes das outas coisas".

Marta apontou que a bagagem que adquiriu nas últimas edições das Olimpíadas será importante para tranquilizar as jogadoras que disputarão o torneio pela primeira vez. "O fato de ser experiente e de estar na Seleção há bastante tempo facilita na hora de dar uma palavra e passar tranquilidade para as novatas. Já passei por isso e sei bem o que elas sentem. A pressão vem de todos os lados. Mas estamos sabendo lidar bem com essa questão", disse.

Para ela, os torcedores devem esquecer as decepções passadas e aproveitar as Olimpíadas para resgatar o orgulho de torcer pela Seleção. "Nós lemos comentários na internet dizendo que chegou a hora da Seleção feminina. Mas essa é a hora de todos nós. Torcemos para o masculino e para o feminino. O esporte no Brasil é de grande importância para o desenvolvimento do país. E o futebol mais ainda, porque se trata de uma paixão nacional. Que seja bom para os dois lados", afirmou.

Nesta terça-feira, Marta realizou em Itu, no interior de São Paulo, o primeiro treino preparatório com o time que disputará as Olimpíadas. Supervisionadas pelo técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, as atletas fizeram atividades voltadas para o controle de bola, passe e finalizações. A equipe viajará nesta quarta-feira para Fortaleza, onde disputará no sábado um amistoso contra a Austrália - algoz das brasileiras na Copa do Mundo do ano passado.

O primeiro jogo do time feminino no Rio 2016 está marcado para o dia 3 de agosto, contra a China, no estádio Nilton Santos. A equipe também terá pela frente a Suécia, no dia 6, no mesmo local, e a África do Sul, no dia 9, em Manaus.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.