Olhar Direto

Segunda-feira, 17 de junho de 2019

Notícias / Política MT

Governo utiliza recursos do Fethab para pagar dívidas de 2018 na Saúde de onze municípios

Da Redação - Érika Oliveira

01 Mai 2019 - 15:00

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Governo utiliza recursos do Fethab para pagar dívidas de 2018 na Saúde de onze municípios
O Governo do Estado efetuou nesta semana o pagamento de quatro parcelas em atraso desde o ano passado, referentes ao Fundo Municipal de Saúde (FMS), a onze municípios. Os repasses, definidos pela Portaria n° 048/2018, são dos exercícios de maio, junho, julho e setembro de 2018 e totalizam R$ 9,95 milhões.

Leia mais:
Mauro "antecipa" previsão de Gallo e se diz otimista para pôr fim a escalonamento em junho

“A Secretaria de Estado de Saúde está empenhada na regularidade dos repasses de 2019 e, também, na diminuição gradual do montante de resto a pagar, das dívidas herdadas pela atual gestão. Esses repasses contemplam os municípios que aguardavam a verba, o incentivo referente à prestação dos serviços de média e alta complexidade em Saúde”, explicou o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

O pagamento tem como objetivo custear os serviços de média e alta complexidade já prestados. De acordo com a Secretaria aAjunta de Aquisições e Finanças da SES-MT, os valores foram pagos com recurso do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), conforme estabelece o decreto n° 091 de 17 de abril de 2019.

O montante foi dividido entre os fundos de cada um dos 11 municípios, que receberam os seguintes valores: Cuiabá R$ 3.300.000,00, Várzea Grande R$ 2.600.000,00, Rondonópolis R$ 1.300.000,00, Juína R$ 301.000,00, Juara R$ 500,000,00 Primavera do Leste R$ 300.000,00, Diamantino R$ 250.000,00, São Félix do Araguaia R$ 500.000,00, Jaciara R$ 200.000,00, Confresa R$ 500.000,00 e Nortelândia R$ 200.000,00.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet