Olhar Direto

Domingo, 22 de setembro de 2019

Notícias / Cidades

Criança fica com parte íntima na carne viva e passa por cirurgia após se machucar em escorregador

Da Redação - Wesley Santiago

02 Mai 2019 - 08:01

Foto: Reprodução/Ilustração

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

Uma criança de apenas três anos ficou seriamente ferida e precisou passar por cirurgia, na tarde do feriado do Dia do Trabalhador, comemorado na última quarta-feira (1º). A vítima brincava em um escorregador quando prendeu as partes íntimas em um pedaço de madeira. O caso aconteceu no bairro Rio Verde, em Lucas do Rio Verde (333 quilômetros de Cuiabá).

Leia mais:
'Mel Gibson' é preso em Cuiabá após furtar peça de picanha e esconder nas partes íntimas
 
Segundo as informações iniciais, a família estava aproveitando o feriado em uma praça do bairro. A criança então foi descer pelo escorregador, onde acabou prendendo as partes íntimas em um pedaço de madeira que estava levantado.
 
A criança ficou com a parte íntima seriamente machucada e em carne viva, precisando passar por cirurgia. O procedimento, realizado como sucesso, teve duração superior a uma hora. A vítima continua internada na unidade de saúde. Esta não seria a primeira vez que um menor se machuca no brinquedo.
 
A mãe da vítima foi quem pediu para que o caso fosse divulgado. A intenção é que providências sejam tomadas e que outras pessoas não se machuquem no local. (Com informações do Terra Digital)

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Falomesmo
    02 Mai 2019 às 17:34

    Falta de manutenção e MT e BRasil coloca as coisas de terceira e paga de primeira

  • Mario Tupinamba
    02 Mai 2019 às 12:23

    Ainda reclamaram do atendimento público. Além de ser de graça esse povo ingrato reclama.

  • Rogério
    02 Mai 2019 às 10:06

    Coisa mal feita, como tudo que é feito de madeira nessa região. O fabricante deve responder por isto.

Sitevip Internet