Olhar Direto

Segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Notícias / Ciência & Saúde

Prefeitura de Cuiabá aumenta em 350% o número de cirurgias de Parkinson

Da Redação - José Lucas Salvani

12 Out 2019 - 08:05

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Prefeitura de Cuiabá aumenta em 350% o número de cirurgias de Parkinson
A Prefeitura de Cuiabá aumentou em 350% o número de cirurgias de Parkinson em Mato Grosso. Na última quinta-feira, foi realizada a nona cirurgia para a doença no Hospital Municipal São Benedito. Com o procedimento, é possível reduzir os impactos da doença neurodegenerativa, caracterizada por tremores intensos e rigidez dos membros superiores e inferiores, lentidão de movimentos e que pode chegar à incapacidade total na fase mais aguda.

Leia mais:
Elastografia é nova aliada da ecoendoscopia no diagnóstico do câncer em Mato Grosso

“Ele modula a atividade elétrica das estruturas profundas do cérebro e proporciona o controle dos sistemas motores nessa doença que, na maioria dos casos, atinge pessoas acima dos 65 anos mas também pode atingir jovens”, explicou o neurocirurgião do São Benedito, Atahualpa Strapasson.

As duas primeiras cirurgias foram realizadas em 2016, no mesmo hospital. A partir de 2017, na gestão de Emanuel Pinheiro, foram feitas outros sete procedimentos, resultando em um aumento de 350%.

“Os procedimentos estão sendo realizados de forma regular via Central de Regulação, totalmente custeados pelo município ao valor médio de R$ 45 mil cada. Se fosse por judicialização, esse mesmo paciente custaria cerca de R$ 460 mil ao Sistema Único de Saúde da Capital. A economia real promove um impacto positivo importante para os cofres públicos e possibilita que outras pessoas recebam esse mesmo atendimento humanizado, que devolve qualidade de vida a quem sofre de Parkinson”, completou o diretor geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP), Alexandre Beloto .

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • LEONARDO KEVYN DA COSTA CAMPOS
    12 Out 2019 às 17:27

    Que ótimo para quem sofre desta doença. Muita bom este tipo gestão voltada para quem realmente merece

Sitevip Internet