Olhar Direto

Quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Notícias / Cidades

Criminosos filmam momento em que homem é cercado e morto a tiros em lava jato; imagens fortes

Da Redação - Wesley Santiago

19 Out 2019 - 09:12

Foto: Márcio Mendes/Reprodução

Criminosos filmam momento em que homem é cercado e morto a tiros em lava jato;  imagens fortes
Criminosos gravaram e divulgaram a execução de Wellington dos Anjos Soares, de 27 anos, dentro de um lava jato na cidade de Diamantino (184 quilômetros de Cuiabá). As imagens, bastante fortes, mostram o momento em que dois acusados invadem o estabelecimento do homem e efetuam quatro disparos de arma de fogo na vítima. O fato foi registrado na quinta-feira (17).

Leia mais:
Acusado de filmar execução de homem a pedradas e tijoladas é preso pela DHPP
 
Nas imagens, o comparsa do assassino começa a filmar a ação enquanto os dois estão chegando ao lava jato, utilizando uma motocicleta. Os bandidos então entram no estabelecimento e mandam que um dos homens saia do local.
 
A vítima, sem ter nenhuma chance de defesa, começa a ser alvo dos disparos no momento em que sai do carro para tentar se esconder. Neste instante, é possível ouvir os três primeiros disparos de arma de fogo.


 
Wellington, desesperado, pede para que o assassino pare, mas ele responde: “Cala a boca, cala a boca, desgraçado, cala a boca”. Em uma última tentativa para se salvar, o homem entra atrás de um poste, onde recebe o último tiro, na região do tórax.
 
A Polícia Militar confirmou o fato ao Olhar Direto. Testemunhas, que preferiram não se identificar, apontaram a placa e o modelo da motocicleta utilizada na ação. Após o crime, os bandidos saíram tranquilamente do lava jato.
 
Um dos suspeitos, conforme uma das testemunhas, seria suspeito de ter cometido uma tentativa de homicídio na cidade, no dia 07 de outubro deste ano. Uma ambulância esteve no local, mas apenas constatou o óbito de Wellington.
 
Até o momento, não houve prisão. O caso é investigado pela Polícia Civil.

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Zerou o feiinho
    21 Out 2019 às 09:09

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • socó baleado
    20 Out 2019 às 10:37

    tudo que aqui se faz, aqui se paga, cada um colhe o que planta.

  • totó
    20 Out 2019 às 00:06

    Para acontecer isso,alguma coisa ruim a vítima cometeu. Violência gera violência cada vez maior.

  • Fernando
    19 Out 2019 às 16:37

    Pena de morte já

  • Júlio cesar
    19 Out 2019 às 11:05

    Até quando vamos ter que continuar vendo esse tipo de situações em que pessoas tiram a vidas dos outros e fica por isso mesmo. Já passou da hora desses pais ter penas mais fortes contra esses tipos de pessoas. Esse negócio de ficar com bandidos de alta periculosidade em presídios de segurança máxima não existe tem que existir pena de morte para esses tipos de vermes que não produz nada de bom para a sociedade brasileira. Por quê nos pagamos para esses vermes quando estão presos.

Sitevip Internet