Olhar Direto

Terça-feira, 12 de novembro de 2019

Notícias / Política MT

Câmara aprova implantação de coleta seletiva de óleo de cozinha em escolas

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

31 Out 2019 - 17:45

Foto: Assessoria

Câmara aprova implantação de coleta seletiva de óleo de cozinha em escolas
A Câmara Municipal aprovou nesta semana um projeto de lei de autoria do vereador Vinicyus Hugueney (Progressistas) que estabelece a implantação da coleta seletiva de óleo de cozinha usados em creches e escolas do Município de Cuiabá.

Leia também
Selma cobra prisão após condenação em segunda instância: 'Brasil não pode ser país da impunidade'


A escola, segundo o projeto, deverá separar todo o óleo de cozinha utilizado em recipiente fechado. Esse então óleo será destinado a uma ONG, associação, cooperativa ou indústria de processamento devidamente licenciada para tratar este tipo de resíduo. A escolha da destinação ficará a cargo da própria diretoria da escola.

Além disso, a associação ou indústria escolhida, terá que retornar em benefício para a escola ou creche 20% do lucro de cada 100 litros de óleo de cozinha usado e coletado.
De acordo com o vereador Vinicius Hugueney, o consumo exagerado e o volume de material desperdiçado fazem crescer a quantidade de lixo gerado, poluindo e degradando os rios da Capital.

“O projeto irá trazer grandes ganhos para população de Cuiabá e irá induzir comportamentos ambientalmente corretos na prática do dia a dia, sensibilizará a comunidade escolar atingindo também o bairro, e estimulando a todos que os cercam de certa forma”, ressaltou Hugueney.

O projeto aprovado será encaminhado para o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e só irá se tornar uma lei após ser sancionado.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet