Olhar Direto

Sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Notícias / Política MT

Selma é solidaria a Joice Hasselmann e teme que declarações do clã Bolsonaro desencadeiem ‘volta da esquerda’

Da Redação - Érika Oliveira

07 Nov 2019 - 17:51

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Selma é solidaria a Joice Hasselmann e teme que declarações do clã Bolsonaro desencadeiem ‘volta da esquerda’
Desfiliada do PSL após envolver-se em polêmica com o filho do presidente da República, senador Flávio Bolsonaro (PSL), a senadora Selma Arruda, que migrou para o Podemos, disse ser solidária à ex-colega de partido, deputada Joice Hasselmann (PSL), que esta semana fez um discurso emocionado na tribuna da Câmara dos Deputados e revelou que ela e seus filhos vêm sofrendo graves ameaças pela internet, inclusive de morte. A deputada pesselista criticou, ainda, a postura de Jair Bolsonaro (PSL) diante do comportamento de seus filhos nas redes sociais e disse que o presidente “se apequenou”. Para Selma, as declarações do clã Bolsonaro são perigosas e podem desencadear graves manifestações e incorrer, inclusive, na derrubada dos movimentos de direita.

Leia mais:
Rosa Neide diz que Bolsonaro não pode transformar Planalto na ‘cozinha de sua residência’

“Eu fui vitima disse nos últimos anos, perdi as contas quantas vezes fui vitima disso. Então, partindo do principio que o que ela tenha dito seja verdade, só quem passa por isso é quem sabe como é injusto você não ter sequer meios para retribuir à altura, responder, exigir explicação, seja lá o que for. Esses memes, essa onda de calunia, é difícil de elucidar e mais difícil ainda de reparar o dano. É uma coisa que nós temos que nos debruçar como legisladores e tentar conter”, avaliou Selma.

A senadora, eleita sob o mote do bolsonarismo, deixou o partido do presidente em setembro, sob a alegação de ter sido pressionada pela derrubada da CPI da Lava Toga. A articulação, segundo Selma, estaria sendo feita pelo senador Flávio Bolsonaro, que teria, inclusive, gritado com ela ao telefone.

Joice Hasselmann, por sua vez, foi destituída da liderança do Governo no Congresso como consequência de uma crise no PSL e, desde então, tem acusado o Governo e os filhos do presidente Jair Bolsonaro de usarem uma "milícia digital" para atacar desafetos políticos.

A deputada anunciou que irá protocolar uma representação contra o atual líder do PSL, deputado Eduardo Bolsonaro (SP), no Conselho de Ética da Câmara e na Procuradoria-Geral da República por considerar que ele é um dos que lideram os ataques.

A senadora Selma Arruda se mantém na base de apoio a Bolsonaro no Congresso, mas disse estar preocupada com os rumos que o país pode tomar, em decorrência das polêmicas que envolvem toda a família do presidente.

“Já prejudicou [o Governo], várias vezes. São várias manifestações que surgem e que são descabidas. E ao contrário do que as pessoas pensam, eles não são apenas deputado, senador, vereador, são os filhos do presidente e, querendo ou não, a opinião deles expressa, ou dá a impressão que expressa, a opinião do próprio presidente. Isso tem que ser pensado melhor, mas o próprio presidente não trata de reprimir essas condutas e me parece que mais defende do que reprime, então, acho que ele é adulto, sabe o que está fazendo e sabe do risco que o Brasil está correndo”, afirmou a senadora.

“Nós temos agora uma situação muito perigosa em toda a America Latina, que está em convulsão, e isso pode sim afetar o Brasil. Me parece que a esquerda está só esperando um pretexto para fazer um levante. Portanto, não se deve deixar que ocorra esse tipo de manifestação. Essa história de falar de AI-5, é totalmente descabido. Talvez em Mato Grosso, por ser um estado muito de direita, isso não seja tão sentido, mas em outros estados que têm um viés diferente isso é muito perigoso mesmo, já já vêm os movimentos de rua, começam os quebra-quebras, a gente sabe o que acontece. É nesse sentido que eu acho que tem que ter mais cuidado, mais ponderação na hora de falar”, pontuou a parlamentar.

14 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Laininha Cintra
    08 Nov 2019 às 09:42

    Lula livre já

  • THIAGO LUIS
    08 Nov 2019 às 09:32

    PSL transformou o Brasil numa Republica da Banananeira, são um bando de rastaquera com projeto neofascista.

  • antonio
    08 Nov 2019 às 09:30

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • THIAGO LUIS
    08 Nov 2019 às 09:28

    Os discurso de factoides dos neofascistas do PSL enfim está desmoronando.. essas pessoas conquistaram votos pelo ódio e não por um projeto de país. por culpa dessas pessoas do PSL, vivemos uma pobreza intelectual diante das instituições. o PSL não defende os interesses da dos pobres, da classe trabalhadora. da ciência. são ideologias neofascista de interesse dos mais ricos, atacando universidade, direito sociais fundamentais (lembrando que temos origem da escravidão) .. isso é um dano que ficara por muitos anos (um atraso de nação). Os bolsomions passarão mas o estraga que eles deixaram ficará.

  • Pedro
    08 Nov 2019 às 09:06

    Os bozominios parecem que estão com a mente amortecida. Ou sempre tiveram né!!!

  • Revoltado
    08 Nov 2019 às 09:04

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Jordan Sali
    08 Nov 2019 às 08:43

    Lula livre já!

  • Marcelo Alonso Lemes
    07 Nov 2019 às 23:28

    Senhoras, há um ano atrás Bolsonaro e seus meninos eram lindos, não tinham defeitos e vocês eram candidatas do Bolsonaro. Só agora descobriram o que eles são? Quer dizer que todas as declarações racistas, misóginas, homofóbicas, de louvação à tortura e ditadura foram ignoradas? As senhoras não sabiam que eles são assim? Faço minhas as palavras de Nathalí Macedo: "Coadunar com o elogio à tortura, a derrocada da democracia, o ódio, a discriminação e a violência, e depois reclamar por comer o fruto amargo do próprio neofascismo é o cúmulo da cara de pau." Menos, Joice e Selma. Vocês pediram, agora chupa.

  • alexandre
    07 Nov 2019 às 22:57

    Se prejudicar servidores públicos, não termina o governo, perde o apoio dos servidores de direita...

  • Alberto
    07 Nov 2019 às 21:25

    Cláudio, esse presidente é totalmente despreparado, é extremista e desagregador. E tem mais, governar não é só melhorar a renda dos poderosos, tem que respeitar as minorias e a democracia. Só você e os bolsonarisatas fanáticos não veem que os seus filhos estão envolvidos em corrupção e com milícias.

Sitevip Internet